Publicidade

Estado de Minas

Dilma reúne candidatos e eleitos em ato de apoio

Para evitar constrangimentos, Dilma decidiu não convidar aliados que enfrentam no segundo turno candidatos da base aliada


postado em 07/10/2014 18:01 / atualizado em 07/10/2014 19:50

A reunião que a presidente Dilma Rousseff realiza na tarde desta terça-feira, 7, em Brasília com apoiadores políticos reúne quatro candidatos a governo que passaram para o segundo turno, seis governadores, cinco governadores eleitos no domingo, oito presidentes de partido e uma dezena de senadores de eleitos.

Com o ato, que acontece no centro de Eventos Brasil 21, a petista quer fazer uma demonstração de força política no início do segundo turno. No domingo, 5, Dilma conseguiu 41,59% dos votos válidos e enfrentará no segundo turno o candidato do PSDB, senador Aécio Neves (33,55%).

Para evitar constrangimentos, Dilma decidiu não convidar aliados que enfrentam no segundo turno candidatos da base aliada. É o caso, por exemplo, do senador Eunício Oliveira (PMDB), que disputa o governo do Ceará com Camilo Santa (PT), e do governador do Rio de Janeiro Luiz Fernando Pezão (PMDB), que tem como adversário o ex-ministro Marcelo Crivella (PRB).

A equipe de filmagem do marqueteiro João Santana está presente para gravar imagens que serão usadas no reinício do horário eleitoral.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade