Publicidade

Estado de Minas

Marina diz que mesmo aconselhada por marqueteiros não irá mentir


postado em 16/09/2014 00:12 / atualizado em 16/09/2014 10:48

São Paulo – A candidata à Presidência pelo PSB, Marina Silva, disse que, mesmo que aconselhada por marqueteiros, não pretende mentir sobre os adversários. Sobre a presidente Dilma Rousseff (PT), Marina disse achar que ela não deve estar confortável em fazer “ataques injustos”. “A presidente Dilma pode ter certeza de que não vou fazer com ela o que ela está fazendo comigo”, afirmou, em um evento sobre cultura na capital paulista. Marina disse também ter um histórico pessoal que não será atingido pelas campanhas dos adversários. “Mesmo que essas mentiras me reduzam a pó, minha história não muda por causa delas”, disse.

Clique aqui e confira o Game das Eleições

“Podem vir mil marqueteiros dizendo para eu mentir, e eu não vou mentir nem a respeito dela, nem de Aécio (Neves), nem de ninguém, porque não vou me transformar naquilo que nós combatemos”, afirmou, acrescentando que "passou boa parte da vida tendo que explicar as mentiras que diziam contra o ex-presidente Lula. “Deveriam ser pelo menos mais criativos e ter outras formas, não usar as mesmas mentiras que usavam contra o Lula.”

No evento, Marina ouviu mais de 20 representações de classes artísticas, que expuseram suas demandas, entre eles o cineasta Fernando Meirelles – que pediu que a política para o audiovisual não seja modificada –, o rapper Xis e o cantor Dinho Ouro Preto. Em resposta, ela defendeu a ampliação de gastos para a Cultura, mas sem citar qual seria o percentual. Após o encontro, Marina seguiu para reunião com o músico Gilberto Gil, para a gravação de um programa para o horário eleitoral.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade