Publicidade

Estado de Minas

Aécio defende coerência e reforça necessidade de força política

Em horário eleitoral da noite de sábado, candidato tucano diz que não basta tirar o PT do poder para que Brasil retome crescimento


postado em 31/08/2014 00:12 / atualizado em 31/08/2014 07:59

(foto: Orlando Brito/Coligacao Muda Brasil)
(foto: Orlando Brito/Coligacao Muda Brasil)

O candidato à Presidência da República, senador Aécio Neves (PSDB), usou nessa sábado seu programa eleitoral para chamar o eleitor a comparar seu trabalho especialmente com o da ex-senadora Marina Silva (PSB), com quem disputa vaga em um eventual segundo turno das eleições. Segundo o tucano, já ficou claro que o governo da presidente Dilma Rousseff (PT) deu errado e que o brasileiro quer mudança, mas o presidenciável disse aos insatisfeitos que “não basta tirar o PT” do poder. “Para governar, para fazer acontecer, é preciso ter uma equipe sólida, ideias já testadas, e principalmente força política para fazer a mudança acontecer de verdade”, afirmou.

Aécio citou nominalmente Marina e disse acreditar nas boas intenções da adversária, mas disse ter certeza de que o brasileiro quer uma “mudança sem risco”, para fazer tudo o que Dilma não fez. “Ninguém quer errar de novo.” O senador reforçou que “sem experiência, sem força política, o sistema engole as boas intenções”. Em tela cheia, falando diretamente aos eleitores, o senador ressaltou que a campanha está “apenas começando” e conclamou os eleitores a verem, na prática, o que cada um dos candidatos fez para a população. Na sequência resumiu sua atuação na Câmara dos Deputados e governo de Minas. “Não quero apenas prometer sonhos, quero transformar seu sonho em realidade. Eu estou preparado para isso.”

CÓPIA Durante campanha ontem em Rio Preto (SP), o candidato comentou o lançamento do programa de governo de Marina Silva. “É o maior apoio que eu recebi até agora. Porque (o programa) resgata as nossas propostas e, entre o original, coerente desde sempre, e as últimas posições da candidata Marina, eu acredito que os brasileiros ficarão com o original. Porque nós defendemos essas propostas a vida inteira”, ressaltou.

Ele também fez ataques velados à ex-senadora ao criticar a imagem messiânica que a candidata do PSB passa ao Brasil. “Aquele que acha que, de forma solitária, ou messiânica, pode apresentar um caminho, caminhando sobre as águas, e levar todos a um futuro melhor vai se frustar se acreditar nisso”, afirmou o tucano. Aécio disse ser necessária a construção de soluções “onde várias pessoas de gerações diferentes, de formações diferentes, de regiões diferentes do país, se unem em torno de um projeto coletivo”. (Com agência)


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade