Publicidade

Estado de Minas

Para Dilma, 'povo saberá' dissociar PT de ex-ministra

O ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, disse que o PT terá de trabalhar dobrado para reeleger Dilma


postado em 21/08/2014 09:19 / atualizado em 21/08/2014 09:37

Brasília e Belo Horizonte - A presidente Dilma Rousseff foi questionada nessa quarta-feira, 20, durante evento em Belo Horizonte, sobre o que pretende fazer para dissociar Marina Silva, uma ex-petista, das realizações do governo do PT - ambas foram ministras do governo Luiz Inácio Lula da Silva. "O povo saberá fazê-lo", respondeu brevemente a presidente.

Pouco depois de Marina anunciar sua candidatura ao Planalto, o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, disse que o PT, agora, terá de trabalhar dobrado para reeleger Dilma, valendo-se de uma "artilharia forte" no programa eleitoral de TV. Para ele, é preciso agir sem "salto alto", com o objetivo de estancar a migração dos eleitores insatisfeitos para a candidatura de Marina. "Temos de trabalhar muito, até mais do que antes", disse o ministro.

"Temos de ter artilharia forte na televisão e uma infantaria forte também nas ruas. Isso, graças a Deus, nós temos. Não tem salto alto, não tem 'já ganhou', não tem 1.º turno", afirmou Carvalho. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade