Publicidade

Estado de Minas

Pimenta diz que ' do ponto de vista esportivo' ninguém segura a candidatura dele

O tucano participou do lançamento do comitê de campanha do presidente do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares. O candidato a governador também recebe apoio do presidente do Atlético, Alexandre Kalil


postado em 20/08/2014 20:34 / atualizado em 20/08/2014 21:09

 Pimenta da Veiga disse que espera que o horário gratuito de propaganda eleitoral sirva para ajudar os indecisos a tomar uma posição(foto: Beto Magalhaes/EM/D.A Press)
Pimenta da Veiga disse que espera que o horário gratuito de propaganda eleitoral sirva para ajudar os indecisos a tomar uma posição (foto: Beto Magalhaes/EM/D.A Press)

O candidato ao governo de Minas, Pimenta da Veiga (PSDB), disse nesta quarta-feira, ao participar do lançamento do comitê de campanha do presidente do Cruzeiro, Gilvan Pinho Tavares, que concorre a deputado estadual, que “sob o ponto de vista esportivo”, ninguém alcança a candidatura dele. Ao fazer a declaração, o tucano também fez referência ao presidente do Atlético, Alexandre Kalil, que também disputa uma vaga nas eleições deste ano, só que para a Câmara dos Deputados. Os dois esportistas apoiam a eleição de Pimenta.

O candidato falou, nesta quarta-feira, sobre o início do horário gratuito de propaganda eleitoral no rádio e na TV para a vaga no Palácio da Liberdade. Ele acredita que será a oportunidade para os que ainda não se decidiram sobre o voto tomarem uma posição. “Com o início do programa eleitoral, as pessoas estão começando a se interessar pela eleição e isso é muito bom, porque há um grande número de indecisos, de indefinidos, que agora devem chegar a uma definição”, analisou.

O tucano também comentou sobre a economia do estado e declarou que pretende diversificar as cadeias produtivas. “Num primeiro momento, o que queremos é aproveitar nossa produção, sejam os grãos, seja o minério, para que ele seja melhor aproveitado aqui dentro e em mais etapas, fazendo um aproveitamento dessas matérias primas aqui. Mas vamos atuar em todos os setores. Tudo aquilo que puder vir para Minas, cuidaremos pessoalmente disso e, sobretudo, em setores novos”, disse. Pimenta ainda destacou que pretende reduzir a carga tributária e diminuir a burocracia para estimular a economia.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade