Publicidade

Estado de Minas

PDT libera bancada para votação do mínimo


postado em 16/02/2011 13:14

O PDT liberou os deputados da bancada na Câmara para a votação do salário mínimo. A informação é do presidente interino do partido, Manoel Dias.''Temos a posição majoritária de liberar para que cada deputado vote de acordo com a sua consciência'', disse ao sair de reunião com a bancada na Câmara. ''A bancada tem posições divergentes, mas mas não haverá retaliação'', completou.

Dias explicou que liberar a bancada não significa infidelidade ao governo e que, apesar de defender as atuais regras de reajuste, o partido era favorável a uma antecipação do valor que será pago no ano que vem para garantir um aumento maior. ''O partido não pede aumento, pede antecipação do percentual para descontar no ano que vem'', disse. Atualmente, o mínimo é reajustado com base na inflação do ano anterior mais a variação do Produto Interno Bruto de dois anos antes. A votação do salário mínimo está marcada para hoje à tarde.


Publicidade