Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas

Esclarecimento


postado em 25/02/2020 04:00

Fábio P. Doyle, 
jornalista, membro da Academia Mineira de Letras e articulista do EM          
 
“No Espaço do leitor do dia 20, foi publicada uma carta da Assessoria de Imprensa do senador Antonio Anastasia sobre sua viagem ao Azerbaijão, em que meu nome é citado e mencionado meu artigo publicado no dia 17. De acordo com as normas do jornalismo, tenho o direito, e o dever, de dar meus esclarecimentos a respeito do que assessores dizem. Ao contrário do que consta na carta, em nenhum trecho eu ‘afirmei’ que o senador, meu amigo, teria viajado ao Azerbaijão com suas despesas pagas pelo Senado. O que escrevi: ‘Anastasia, leio nos jornais, viajou por conta do Senado...’. Assim, não foi afirmação, mas reprodução do que os jornais que li publicaram. Nem poderia ser de outro jeito, pois a assessoria do senador não mandou para a imprensa mineira a informação indispensável, tratando-se de um homem público, ou seja, a de que viajou a convite e com tudo pago pelo governo do Azerbaijão. Como fez a assessoria do ministro Sérgio Moro, esclarecendo que uma viagem feita por ele foi toda custeada com seus recursos pessoais, não tendo recebido nem a diária que reembolsa gastos em viagens, especialmente, por serem mais onerosas, ao exterior.”



Publicidade