Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas EDUCAÇÃO

Assinante critica atuação de ministro


postado em 30/01/2020 04:00

Elias Menezes
Belo Horizonte

“O ministro Abraham Weintraub (Educação) deve dispor de considerável tempo livre, apesar das numerosas e complexas atribuições referentes ao cargo que ocupa e da crise deflagrada com as supostas irregularidades na correção do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que resultou na suspensão, em caráter liminar, da divulgação dos resultados do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Nos últimos dias, em meio a tamanha crise no MEC, o ministro achou um tempinho para sugerir ao professor Marco Antonio Villa o uso de água sanitária e anunciar a demissão do jornalista Reinaldo Azevedo do Grupo Bandeirantes, fato este que não ocorrera. Como mero cidadão que desconhece a fundo os problemas educacionais brasileiros e as políticas públicas a eles direcionadas, posso estar equivocado, mas não me parece ambas aparições de Weintraub tratarem de questões de relevo das quais deveria se ocupar. Ademais, não me parece agir o ministro de acordo com a institucionalidade que o cargo lhe exige. Suspensão do Sisu, revisão de nota atendendo a pedido via Facebook, vídeos agressivos se valendo de vocabulário chulo, propagação de fake news pelo próprio ministro... Pelo visto, tal ‘balbúrdia’ não se restringe às universidades.” 

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade