Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas 'MISERê'

Procurador macula a imagem do MP de Minas


postado em 23/09/2019 04:00


Gege Angelini
Belo Horizonte

"O termo 'miserê', nas últimas semanas, tomou conta da mídia e espalhou-se como vírus nas redes sociais. As declarações feitas pelo procurador de Justiça de Minas Leonardo Azeredo dos Santos causaram enorme mal-estar aos mineiros. E foi em linha direta contra todos os trabalhadores do estado de Minas Gerais, que lutam e pelejam, diuturnamente, em busca do ganho para se manter. Tornou-se chacota nacional, com direito a notícias em todos os veículos de comunicação, denegrindo-nos. Mal ainda mais sério fez esse senhor. Colocou em xeque-mate uma classe laboriosa, que é muitíssimo respeitada por todos nós, no exercício da defesa dos cidadãos. Os procuradores do nosso estado são uma bandeira única no dia a dia dos mineiros, tão vilipendiados, ultrajados, por força também do desgoverno anterior, diga-se petista. São homens comuns, pais de família, e se têm renda mais apurada é porque a conquistaram. Estão lá por merecimento. Declarações infantis, mal colocadas, de forma grotesca e agressiva como as feitas pelo Sr. Leonardo maculam imagens, causam frisson nos meios jurídicos, levam toda a classe a uma colocação nada cômoda diante da população. Assim sendo, o seu afastamento da lida é mais que oportuno e os procuradores devem considerar o episódio como fato passado, continuando o trabalho correto, positivo e altamente importante para todos nós."

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade