Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas

Nova janela para ações deve movimentar até R$ 30 bilhões


22/06/2021 04:00

Fabiano Mariani
Sócio fundador e head da Mesa de Renda Variável e Operações Estruturadas na Atrio Investimentos
 
O momento econômico surpreendentemente positivo que o Brasil atravessa vem sendo o motor para uma nova onda de “ofertas públicas iniciais” de ações na Bolsa de Valores de São Paulo (B3).

Os chamados IPOs, na sigla em inglês, podem chegar a uma movimentação próxima dos R$ 30 bilhões na terceira janela deste ano.

Trata-se da incursão iminente de novas ações de empresas interessadas na abertura de capital ou na expansão da sua fatia de capital aberto, que juntas podem alcançar os R$ 160 bilhões ao longo de 2021. O recorde histórico foi no ano passado, quando as injeções de IPOs chegaram a R$ 129 bilhões.

As companhias que estão em vias de receber a aprovação da Comissão de Valores Imobiliários (CVM) para despejar novos ativos na bolsa apostam nos resultados de seus balanços trimestrais para angariar uma adesão em massa dos investidores.

O Índice Bovespa já superou a marca histórica dos 130 mil pontos no início de junho, e podemos chegar aos 145 mil até o fim do ano, segundo projeção de analistas do mercado. Isso traz um ânimo e tanto aos investidores. Por isso, os IPOs vão chegar num momento muito interessante do mercado. As novas empresas certamente vão desfrutar dessa onda positiva e atrair recursos.

A nova janela envolve ações de companhias de geração de energia, de fabricação de cimento e de alumínio, de telefonia e banda larga de internet, entre outras. Segundo Fabiano, são empresas sólidas, com fatias significativas de atuação em seus respectivos mercados.

A natureza das empresas que estão ingressando ou fortalecendo sua participação na B3 contribui para um cenário otimista de novos investimentos. Porém, precisamos lembrar que o mercado está em alta, mas a volatilidade provocada pela pandemia ainda inibe o fluxo de capital. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade