Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Espaço do leitor


postado em 17/12/2018 05:03

80 ANOS
Martinho Campos recebe homenagem


Wilton Ronald da Silva
Martinho Campos – MG

"Hoje, 17 de dezembro de 2018, Martinho Campos comemora seus 80 anos de emancipação política. Uma história de um lugar e de um povo alegre, festeiro e hospitaleiro. E tudo começou assim: 'Passavam-se os anos entre 1800 e 1820. Era um tempo nostálgico e nosso imenso Brasil produzia riquezas e mais riquezas a todos que aqui estavam e até para quem estava fora, os portugueses, principalmente o ouro, que jorrava em grande quantidade na Vila do Infante, atual Pitangui. Todavia, o grande volume de ouro extraído se contradiz com a falta de alimentos na Vila e arredores, uma vez que não havia produção agrícola, já que todos se interessavam mais com o metal amarelo. Muitos morreram de fome pela ambição desenfreada. Foi então que, a conselho de dona Luiza Medeiros, produtora e dona da Fazenda Monjolos, no limite com Dores do Indaiá, os senhores Maximiano Araújo, pernambucano de origem, e Jerônimo Vieira, português, vieram para a região, sabedores de que aqui as terras eram fecundas e havia abundância de água, principalmente a do Velho Chico. Logo que se estabeleceram – Maximiano na proximidade do Córrego do Junco, e Jerônimo na Barra do Rio Pará –, os dois prosperaram e produziam alimentos em abundância, satisfazendo as necessidades dos moradores da região aurífera. Como eram muito religiosos, praticantes do catolicismo, resolveram agradecer a Deus edificando um templo onde realizaram missas pelas graças recebidas. A dúvida surgida quanto ao local da construção da igreja foi o divisor de águas que culminou com o surgimento de nossa querida abadia. Maximiano queria que a casa de Deus fosse construída próximo de sua fazenda, enquanto Jerônimo Vieira almejava ver o templo próximo às suas terras. Após muito diálogo, para se chegar a uma definição do local, os dois amigos fazendeiros resolveram a pendência de uma forma bem criativa e original. Cada um sairia de sua fazenda, no mesmo horário, se dirigindo para a fazenda do amigo. O lugar onde se encontrassem seria o marco, o ponto onde erigiriam o lugar santo, uma igreja. No local onde se encontraram fora colocada uma cruz de madeira. Nesse lugar, hoje está erguida a Igreja Matriz de Nossa Senhora D'Abadia. Então, Jerônimo Vieira, achando que o local do marco se parecia muito com sua terra em Portugal, onde havia um convento de frades da Ordem dos Abadias, sugeriu que ali fosse chamado de Abadia. Por conseguinte, mandou trazer de Portugal uma imagem de Nossa Senhora, fabricada de madeira, para adoração dos frequentadores do templo, e até hoje ela se encontra na matriz. O povoado logo se formou e foi se desenvolvendo até que, em 8 de junho de 1858, tornou-se distrito com o nome oficial de Abadia de Pitangui pela Lei Provincial 911. Como teve rápido progresso, em 1938, precisamente em 17 de dezembro, foi elevado à categoria de município, recebendo o nome de Martinho Campos em homenagem a um ilustre político, filho da região da Vila do Infante que tinha esse nome.' Parabéns, Martinho Campos!"


LULA
Cidadão pede a ex-presidente que assuma sua culpa


Antonio José Gomes Marques
Rio de Janeiro

"Está ficando ridícula a posição do honestíssimo Lula jogando a culpa das suas ações corruptas para a mulher, morta. Se o cara é tão honesto, deve também assumir que foi com muita fome ao poço da propina e da grana fácil pelo cargo que ocupava. Simples assim. Jogar culpa e responsabilidade nas costas da mulher morta é, no mínimo, coisa de covarde, algo que o PT sempre foi quando jogava a culpa nos outros, mesmo sem provas, quando era oposição. Agora, a coisa voltou na cara dele e a vida tem sim um efeito bumerangue e tudo que você joga na cara dos outros volta na sua com muito mais força. Sem nos esquecer do sábio provérbio antigo, mas atual, que diz: 'O mundo gira e os problemas voltam nas mãos dos verdadeiros culpados'. Lula, por que não te calas, está feio para um cara que era tão honesto, repito, era. Sem nos esquecermos da antena de R$ 500 mil colocada pela OI na região onde nada existe no entorno do sítio de 140 mil metros quadrados."


AGRADECIMENTO
Idosa cai em shopping e é socorrida rapidamente


José Geraldo de Moraes
Belo Horizonte

"No último dia 12, uma senhora de 74 anos, sozinha, sofreu uma queda acidental nos corredores do Shopping Boulevard. Corte feio no no rosto, muito sangue e muito susto. De imediato, um grupo de bombeiros civis de plantão cuidou, amparou, fez o atendimento emergencial e contatou a família por telefone. A etapa seguinte foi alcançada num hospital, com profundidade e cuidados médicos que o caso exigia. A paciente foi liberada quatro horas após o acidente. É importante registrar a presteza, a competência e o cuidado de todo o grupo de socorristas. Num momento em que temos conhecimento de tanta maldade, incompetência e desrespeito divulgados pelo Brasil, o zelo demonstrado por todo o grupo nos mostra que existe um lado muito grande de competência e respeito pelo ser humano. O grupo somente se despediu da família quando a paciente voltou para sua casa. Houve presença física constante."


Em .com


Bancada mineira vai negociar a duplicação da BR-381 com o novo governo federal

“ A nona economia do mundo não consegue fazer uma estrada de 324 quilômetros. É uma vergonha.”
. José Carlos Vianna

“É inadmissível a paralisação dessas obras. Essa BR deveria ter sido duplicada há uns 20 anos. Muitas e muitas mortes teriam sido evitadas.”
. João França

Facebook

Carnaval terá prioridade sobre obras e manutenções nas vias públicas de BH
“Gosto de carnaval, mas obras e manutenção são prioridades.”
. Vera Lúcia Lúcia

“Carnaval de BH virou um supernegócio, o valor recebido é muito maior que o investimento.”
. Fellipe Puiati

“Chuva causando estragos na capital, algumas regiões precisando urgentemente de mudanças e o povo dando prioridade para carnaval. Depois vão reclamar da saúde, da educação, etc. Complicado!”
. Bárbara Martins

Bancada mineira vai negociar a duplicação da BR-381 com o novo governo federal
“Virou lenda igual à caixa-preta da BHTrans.”
. Edis Antonio

“A bancada mineira não faz nada há anos e isso é só mais uma mentira.”
. Eliseu Alves Vieira
 


Publicidade