UAI
Publicidade

Estado de Minas DESAPARECIMENTO NA AMAZÔNIA

Jornalista inglês e indigenista brasileiro desaparecem na Amazônia

A dupla percorria a floresta para trabalhos junto a ribeirinhos e indígenas, na vigilância do território afetado por invasões do garimpo e desmatamento ilegal


06/06/2022 12:38 - atualizado 06/06/2022 17:36

Dom Phillips
Dom Phillips, de nacionalidade inglesa, é jornalista colaborador do The Guardian, Financial Times, Washington Post, New York Times e Intercept (foto: Twitter/Reprodução )
O jornalista inglês e colaborador do The Guardian, Dom Phillips, e o indigenista brasileiro Bruno Pereira estão desaparecidos há mais de 24 horas na região do Vale do Javari, na Amazônia. A informação do desaparecimento foi confirmada pelo editor do jornal inglês, Jonathan Watts, e pela Coordenação da Organização Indígena Univaja, nesta segunda-feira (6/6). 

A dupla percorria a floresta com o objetivo de consolidar trabalhos conjuntos entre ribeirinhos e indígenas, na vigilância do território afetado pelas intensas invasões de garimpeiros e do desmatamento ilegal. Em publicação no Twitter, o editor do jornal britânico citou ameaças de morte contra o indigenista, registradas poucas horas antes do desaparecimento. 


Nas redes sociais, jornalistas de veículos nacionais e internacionais pedem às autoridades brasileiras uma ação de busca imediata. 
 
 

Desaparecimento 


Segundo a Coordenação da Organização Indígena Univaja, a dupla desapareceu no trajeto entre a comunidade Ribeirinha São Rafael até a cidade de Atalaia do Norte, pontos de ida e de retorno respectivamente, no estado do Amazonas.

“Os dois se deslocaram com o objetivo de visitar a equipe de Vigilância Indígena que se encontra próxima a localidade chamada Lago do Jaburu (próxima da Base de Vigilância da Funai no rio Ituí), para que o jornalista visitasse o local e fizesse algumas entrevistas com os indígenas”, informou à imprensa. 

Dom Phillip e Bruno chegaram ao Lago do Jaburu na última sexta-feira (3/6), no início da noite. No domingo (5/6), viajaram à comunidade São Rafael, visita previamente agendada, para que o indigenista fizesse uma reunião com o líder comunitário. 

Em seguida, partiram rumo ao município de Atalaia do Norte às 6h. “A viagem dura aproximadamente duas horas. Assim, deveriam ter chegado por volta de 8h ou 9h da manhã na cidade, o que não ocorreu”, relatou a Univaja. 

“A última informação de avistamento deles é da comunidade São Gabriel – que fica abaixo da São Rafael – com relatos de que avistaram o barco passando em direção à Atalaia do Norte”, completou. 

Equipe formada por indígenas

Ainda no domingo, saiu de Atalaia do Norte às 14h uma primeira equipe de busca da Univaja, formada por indígenas “extremamente conhecedores da região”. A equipe cobriu o mesmo trecho que o jornalista e Bruno Pereira supostamente teriam percorrido, mas nenhum vestígio foi encontrado. 

De acordo com a nota divulgada à imprensa, às 16h, outra equipe de busca saiu de Tabatinga - cidade próxima ao local do desaparecimento - em uma embarcação maior, retornando ao mesmo trajeto, mas novamente nenhum vestígio foi localizado.

“Ressalte-se que Bruno Pereira é pessoa experiente e profundo conhecedor da região, pois foi Coordenador Regional da Funai de Atalaia do Norte por anos. Os dois desaparecidos viajavam com uma embarcação nova, 40 HP, 70 litros de gasolina, o suficiente para a viagem e 07 tambores vazios de combustível”, afirmou a Coordenação da Univaja. 

A Univaja confirmou, ainda, as ameaças sofridas pela dupla e outros colaboradores na região. “Enfatizamos que na semana do desaparecimento, conforme relatos dos colaboradores da Univaja, a equipe recebeu ameaças em campo. A ameaça não foi a primeira, outras já vinham sendo feitas a demais membros da equipe técnica da Univaja, além de outros relatos já oficializados para a Policia Federal, ao Ministério Público Federal em Tabatinga, ao Conselho nacional de Direitos Humanos e ao Indigenous Peoples Rights International.”


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade