UAI
Publicidade

Estado de Minas BARBÁRIE EM COMUNIDADE INDÍGENA

Idoso de 91 anos espanca a sogra, de 103, até a morte

Feminicídio ocorreu na comunidade indígena Sassoró


26/01/2022 19:39 - atualizado 26/01/2022 19:39

Liderança indígena e outras pessoas da aldeia descobriram o crime e acionaram a polícia
Liderança indígena e outras pessoas da aldeia descobriram o crime e acionaram a polícia (foto: Condisi-YY/Divulgação)
Um idoso de 91 anos espancou a própria sogra, de 103, até a morte, na reserva indígena Sassoró, em Tacuru (MS), a 422 quilômetros de Campo Grande. 

 

O agressor foi flagrado com roupas, unhas e cotovelos sujos de sangue. Ele também apresentava diversos arranhões, indícios de que a idosa tentou lutar pela sobrevivência. O idoso acabou contido pelo cacique e foi entregue à Polícia Civil.

 

A filha da idosa disse que, ao chegar em casa por volta da meia-noite, encontrou a mãe aparentemente bem. Por volta das 6h, estranhou a demora dela para levantar para o café da manhã. Ao chegar no quarto tentou acordá-la e percebeu que estava morta, com vários hematomas e escoriações pelo corpo. Em seguida, acionou o cacique.

 

O idoso deverá responder por feminicídio qualificado, pois a vítima tinha mais de 60 anos.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade