UAI
Publicidade

Estado de Minas AINDA EM PANDEMIA

Após cancelamento do réveillon, carnaval do Rio também pode ser suspenso

A declaração do prefeito Eduardo Paes sobre o risco da folia de 2022 ser cancelada ocorreu hoje (4/12) após reunião com o secretariado de governo


04/12/2021 12:09 - atualizado 04/12/2021 13:41

Bloco Cordão da Bola Preta desfila no Rio em 2020
Cordão da Bola Preta, autointitulado como o maior bloco do mundo, em desfile pelo Rio em 2020 (foto: Tomaz Silva/Agência Brasil)

Após anunciar pelo twitter o cancelamento da festa de réveilon no Rio de Janeiro, o prefeito da capital fluminense, Eduardo Paes (PSD), disse neste sábado (4/11) que o carnaval na cidade também poderá não acontecer em 2022.

A declaração do prefeito aconteceu após reunião com o secretariado, na manhã de hoje, quando Paes avaliou que a comemoração do carnaval tem impactos culturais e econômicos importantes para a cidade e para o Brasil.

 
Paes disse que manterá suas decisões baseadas em posicionamentos científicos sobre o combate ao novo coronavírus, a exemplo do que ocorreu como  justificativa para cancelar uma das mais tradicionais festas da virada do ano no País. "Tomara que não precise cancelar (carnaval)", afirmou o prefeito, em entrevista a jornalistas.

Crítica velada

O prefeito também aproveitou a ocasião para alfinetar o presidente Jair Bolsonaro (PL), sem citar o nome do mandatário do país. Recentemente, o presidente e apoiadores, conhecidos por criticar medidas de isolamento, vêm se manifestando contrário à realização do carnaval.

 

"Tem grupos fazendo ataque seletivos a determinados tipos de celebração como um tipo de preconceito. Só vou tomar decisões se o comitê científico disser que não pode ter", afirmou o prefeito.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade