UAI
Publicidade

Estado de Minas SAMAMBAIA

Idosa de 84 anos e com deficiência física é morta pelo filho, que foi preso

Segundo investigações, homicídio aconteceu depois de uma discussão dentro de casa entre o autor e a vítima


26/10/2021 10:35

A idosa era agredida frequentemente pelo filho, mas não o denunciou
A idosa era agredida frequentemente pelo filho, mas não o denunciou (foto: Walder Galvao/CB/D.A Press)
Policiais civis da 26ª Delegacia de Polícia (Samambaia Norte) deflagraram, nesta segunda-feira (25/10), a operação Miquéias 7:6 e prenderam preventivamente um homem acusado de matar a própria mãe, de 84 anos, que possuía deficiência física. Eulina Bispo de Freitas morreu após ficar em coma por dois dias no hospital.

Segundo as investigações, o feminicídio aconteceu depois de uma discussão dentro de casa entre o autor e a vítima. "O homem também teria agredido a genitora em outras ocasiões, mas a idosa nunca teve coragem de denunciá-lo", afirmou o delegado-adjunto da 26ª DP, Rodrigo Carbone. 

No dia das agressões, em 8 de outubro, o homem chegou em casa alterado e nervoso e, em ato de fúria, perguntou à mãe porque ela ainda não tinha morrido. "Logo em seguida, ele a arrancou da cadeira de rodas e a jogou no chão. A saúde dela era muito sensível e debilitada e, então, ela teve o impacto muito forte, foi internada, ficou dois dias em coma, mas não resistiu", detalhou o investigador.

Preso, o autor acumula passagens criminais por diversos roubos, tentativa de homicídio, agressões contra a mãe e estava em prisão domiciliar e foi encaminhado à carceragem da Polícia Civil do DF, onde aguardará por audiência de custódia.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade