UAI
Publicidade

Estado de Minas VIOLÊNCIA

Veja o vídeo: mulher tem carro confundido e é baleada por PMs

Meyrejane Brandão Dantas, 49 anos, saiu de casa para levar o marido ao trabalho, quando foi alvejada por policiais militares


22/10/2021 09:20

Meyrejane passará por uma nova cirurgia nesta sexta
Meyrejane passará por uma nova cirurgia nesta sexta (foto: Material cedido ao Correio)
O casal Meyrejane Brandão Dantas, 49 anos, e Pedro Martins, 49, viveu uma madrugada de terror e desespero na última quarta-feira (20/10). A dona de casa foi baleada por policiais militares do Estado de Goiás após deixar o marido em um posto de combustível em Luziânia (GO) - a cerca de 59km de distância da capital federal. A gravação do circuito de segurança de uma loja registrou o momento (veja o vídeo da ação abaixo).

A Polícia Militar (PMGO) instaurou um procedimento administrativo disciplinar para apurar a conduta dos PMs. O Correio conversou com o esposo da vítima, que se diz estarrecido com a situação.

No dia do crime, o casal saiu de casa de madrugada e, como de costume, Meyrejane levou o companheiro a um posto de combustível para que ele buscasse o caminhão que usa para trabalhar. Pedro é caminhoneiro, naquele dia pegaria o veículo e partiria para Cristalina (GO) a serviço. Apos deixá-lo no posto, a mulher retornava para casa quando percebeu que um carro descaracterizado a seguia. "O veículo passou por ela e deu um cavalo de pau. Ela pegou e tentou desviar, mas o motorista a continuou acompanhando. Quando minha esposa chegou na porta de casa, não quis entrar por medo", detalhou Pedro.


Meyrejane contornou a quadra e voltou ao posto onde havia deixado o marido. Ao chegar lá, ficou aliviada ao encontrar duas viaturas caracterizadas. "Ela pensou que estava tranquila e segura, mas não", conta o marido. Foi então que começaram os disparos de armas de fogo contra o veículo. 

Carro da motorista foi alvejado pelos policiais com vários tiros
Carro da motorista foi alvejado pelos policiais com vários tiros (foto: Material cedido ao Correio)

Vídeo do circuito de segurança e fotos cedidas à reportagem mostraram o momento que Meyrejane entrou no posto desesperada. Logo atrás, aparecem as viaturas. As imagens mostram, ainda, as perfurações causadas por balas no interior do veículo, como no banco do motorista. "Tinham mais de 10 marcas de tiro no carro", detalha o marido.

Socorro

A dona de casa foi baleada no intestino. Meyrejane saiu do veículo e foi socorrida pelos próprios policiais que a encaminhada ao Hospital Regional de Santa Maria (HRSM). Pedro relata que ouviu os disparos, mas quando saiu para ver o que tinha acontecido, a esposa já tinha sido levada à unidade de saúde. "Jamais imaginei que fosse o carro da minha esposa. Foi desesperador", desabafou.

Mayrejane passou por uma primeira cirurgia para estancar um quadro hemorrágico e, agora, será submetida a outro procedimento nesta sexta-feira (22/10).

Procurada pela reportagem, a PMGO esclareceu, em nota oficial, que a abordagem ao Ônix branco (veículo de Meyrejane) ocorreu em virtude de que "em datas anteriores ao fato, foram registrados boletins de ocorrências de roubo, onde foi utilizado pelos criminosos um veículo Ônix de cor branca com as mesmas características do veículo abordado." A corporação acrescentou, ainda, que foi feito o registro do RAI da abordagem, e que a equipe compareceu à delegacia para as providências legais. A PMGO instaurou um procedimento administrativo disciplinar para apurar os fatos.

Os tiros acertaram o estômago da dona de casa dentro do carro
Os tiros acertaram o estômago da dona de casa dentro do carro (foto: Material cedido ao Correio)


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade