Publicidade

Estado de Minas CRIME

Homem estupra enteada menor e a obriga a registrar bebê no nome do namorado

Criminoso de 40 anos confessou que os estupros ocorriam sempre que a mãe deixava ele a sós com a criança, que na época tinha 13 anos


20/07/2021 08:30 - atualizado 20/07/2021 08:35

(foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil )
(foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil )
Um homem de 40 anos foi preso preventivamente acusado de estuprar e engravidar a enteada, que na época tinha 13 anos, em Palestina de Goiás, há 292 Km de Goiânia. O homem confessou que estuprava a criança desde os 12 anos.

De acordo com a Polícia Civil (PCGO), as investigações apontam que o homem engravidou a menina e a obrigou a registrar o bebê como sendo do namorado dela na época. O material genético dele foi coletado para fazer um exame de paternidade.

A vítima, hoje com 16 anos, tomou coragem para denunciar depois de anos de abuso. De acordo com o padrasto, os estupros ocorriam sempre que a mãe deixava ele a sós com a criança. Ele também relatou que via semelhanças entre ele e o bebê, mas que não queria assumir a paternidade para tentar salvar o casamento com a mãe da menina

Segundo a polícia, o namorado da menina chegou a desconfiar que não era o pai do bebê e queria fazer um teste de DNA, mas foi dissuadido da ideia pelo padrasto. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade