Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

Bolsonaro diz que Forças Armadas podem ajudar na vacinação

O presidente voltou a criticar o isolamento social e disse que sua guerra não é política


03/04/2021 15:30 - atualizado 03/04/2021 17:32

Bolsonaro:
Bolsonaro: "A guerra, da minha parte, não é política, é uma guerra que, realmente, tem a ver com o futuro da nação. Não podemos esquecer a questão do emprego" (foto: Reprodução Twitter Jair Bolsonaro)
O presidente Jair Bolsonaro disse neste sábado (03/04) que as Forças Armadas podem ajudar a aplicar vacinas contra COVID-19 na população.

"As Forças Armadas estão à disposição para começar também a vacinar, colaborar para vacinar. Praticamente todos os quartéis do Brasil têm esta condição", disse Bolsonaro ao lado do ministro da Defesa, Walter Braga Netto, com quem visitou uma associação beneficente.

Enquanto tomava um prato de sopa, Bolsonaro disse que o governo tem combatido a COVID-19 com a vacinação, mas que "tudo tem limite". Ele voltou a afirmar que não concorda com a política do "fecha tudo" no combate à pandemia.
"A guerra, da minha parte, não é política, é uma guerra que, realmente, tem a ver com o futuro da nação. Não podemos esquecer a questão do emprego", acrescentou o presidente.

Ele disse que governos estaduais têm imposto medidas restritivas mais severas, mas as circunstâncias dentro dos próprios estados variam.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade