Publicidade

Estado de Minas CRISE SANITÁRIA

Estados receberão 11 milhões de vacinas na próxima semana, diz Queiroga

Ainda segundo o ministro da Saúde, pasta tentará negociar imunizantes com a China e os EUA nos próximos dias.


27/03/2021 21:06 - atualizado 28/03/2021 10:19

Ministro reforçou que gloverno pretende vacinar 1 milhão de pessoas por dia no início de abril. O mês começa na próxima quinta-feira (1/4).(foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
Ministro reforçou que gloverno pretende vacinar 1 milhão de pessoas por dia no início de abril. O mês começa na próxima quinta-feira (1/4). (foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, garantiu aos estados brasileiros a entrega de 11 milhões de vacinas ao longo da próxima semana. Segundo o dirigente, as doses de CoronaVac e AstraZeneca/Oxford já estão país. 

“Esta semana (temos) 11 milhões de vacinas. (...) As vacinas que estão disponíveis: Astrazeneca, Coronavac. Elas já chegaram, vão ser distribuídas para os estados segundo critérios do Plano Nacional de Imunização”, disse o chefe da pasta à GloboNews. Ele passou o sábado no ministério em reuniões com técnicos da pasta.

Na ocasião, Queiroga tabém reforçou a meta do Ministério da Saúde de proteger um milhão de pessoas por dia a partir do início de abril. O mês começa na próxima quinta-feira (1/4).

Ainda de acordo com o dirigente, o governo federal deve negociar vacinas com os Estados Unidos e a China nos próximos dias. 

“EUA e China são parceiros importantes do Brasil, que têm um potencial de produção de vacinas. Nós estamos dialogando com eles como sempre fizemos”, afirmou o ministro.

Ritmo lento

O informe epidemiológico do Ministério da Saude divulgado na noite deste sábado (27/3) aponta que 4.074.577 pessoas (6,65% da população brasileira) receberam a primeira dose de vacina. A segunda dose foi aplicada em 4.515.631 pessoas (2,13% da população).

O mesmo boletim registrou 3.438 óbitos por COVID-19 nas últimas 24 horas - a maior quantidade de perdas notificadas em um sábado desde o início da pandemia. O total de mortos é de 310.550. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade