Publicidade

Estado de Minas COLAPSO

Médico na Bahia: "Pessoas estão morrendo nas ambulâncias"; veja vídeo

Em um vídeo nas redes sociais, Pedro Julião contou que sistema de saúde estadual chegou ao limite


04/03/2021 19:19 - atualizado 04/03/2021 19:53

Chegada de carregamento de vacinas em Salvador(foto: Alberto Maraux/SSP/GOVBA)
Chegada de carregamento de vacinas em Salvador (foto: Alberto Maraux/SSP/GOVBA)
O sistema de saúde da Bahia está em uma situação trágica em razão da COVID-19. Sem leitos nos hospitais, o médico do  Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SamuPedro Julião relatou que os pacientes estão sendo atendidos nas ambulâncias, mas, muitas vezes, não sobrevivem.

“Não duvide que, hoje, nós não temos vagas para as pessoas nos hospitais e muitas delas (os pacientes) estão falecendo nas ambulâncias e portas das UPAs (Unidades de Pronto Atendimento)”, contou em vídeo divulgado nas redes sociais, nesta quinta-feira (04/03). 

Salvador (capital da Bahia) não tem vaga para a gente levar os pacientes. O que eu quero dizer com isso? Por favor, entendam: a situação é gravíssima! Nós chegamos no limite da ocupação dos leitos”, completou.  

Nesta quarta-feira, Salvador registrou 85% de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O prefeito da capital, Bruno Reis (DEM), alertou para um possível colapso no sistema de saúde da cidade.

“Estamos no limite dos respiradores. A população precisa se conscientizar e adotar medidas de proteção ou o colapso pode acontecer nas próximas horas. Amanhã, vamos inaugurar uma nova tenda, com dez leitos, ao lado da UPA dos Barris, estamos ampliando o número de leitos no Hospital Salvador, e vamos inaugurar um hospital de campanha em Itapuã. Depois disso, não há perspectiva de criação de novos leitos em curto prazo”, afirmou o prefeito durante a coletiva de imprensa. 

No vídeo, o médico Julião conta que está há cerca de seis horas com um paciente dentro do carro esperando uma vaga em um hospital. “Estamos desde as 3 horas da tarde com um paciente dentro da ambulância, com desconforto respiratório, fazendo uso de oxigênio suplementar e máscara não reinalante”, conyou. 

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab), a Bahia registrou 5.985 novos casos de COVID-19 nas últimas 24 horas. No total, o estado já confirmou 700.768 pessoas contaminadas pela doença e 12.251 mortes. 

O médico pediu para a população seguir o lockdown para evitar a transmissão do vírus. “Sabemos que hoje a necessidade do isolamento social é muito importante. (...) As decisões do governo do estado e da prefeitura em ter esse perfil de isolamento social, lockdown, toque de recolher”, comentou. 
 
“Faça sua parte. A situação é real e precária”, pediu o médico.

*Estagiária sob supervisão da editora-assistente Vera Schmitz  


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade