Publicidade

Estado de Minas GERAL

Brasil chega a 260 mil mortos por COVID-19

Nesta semana em que o Brasil apresenta os piores números da pandemia e vários governadores voltaram a adotar medidas restritivas


04/03/2021 19:03 - atualizado 04/03/2021 19:32

Esse passa a ser o segundo maior número de casos registrados no Brasil em 24 horas(foto: Arte.EM/D.A press)
Esse passa a ser o segundo maior número de casos registrados no Brasil em 24 horas (foto: Arte.EM/D.A press)
O Brasil registrou 1.699 novas mortes em decorrência da covid-19 nas últimas 24 horas, segundo dados atualizados nesta quinta-feira, 4, pelo Ministério da Saúde. Com isso, chega a 260.970 o total de vidas perdidas no País em razão da doença.

Com a explosão de novos casos de covid-19, a alta taxa de ocupação das UTIs de diversas cidades e o colapso de sistemas de saúde em todo o País, nas últimas 24 horas, foram contabilizados mais 75.102 casos do novo coronavírus, elevando o total para 10.793.732. Esse passa a ser o segundo maior número de casos registrados no Brasil em 24 horas. Só não supera a marca registrada em 7 de janeiro, quando o País contabilizou 87.843 casos.

Nesta semana em que o Brasil apresenta os piores números da pandemia e vários governadores voltaram a adotar medidas restritivas para conter o avanço da pandemia, o presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira que é preciso "enfrentar o problema de peito aberto" e parar de "frescura".

Bolsonaro voltou a apelar para que governadores e prefeitos não adotem restrições. "Nós temos que enfrentar os nossos problemas, chega de frescura e de mi-mi-mi. Vão ficar chorando até quando? Temos que enfrentar os problemas", disse o presidente mais cedo em evento de inauguração de trecho da ferrovia Norte-Sul, em São Simão (GO).


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade