Publicidade

Estado de Minas GERAL

Comissão Europeia quer desenvolver rápido vacinas contra novas cepas da covid


31/01/2021 14:51

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, informou em comunicado que realizou neste domingo, 31, uma videoconferência com os CEOs de BioNTech/Pfizer, Moderna, AstraZeneca, Johnson & Johnson, Curevac e Sanofi.

A União Europeia tem acordo com essas empresas para o fornecimento de vacinas contra a covid-19. Segundo Von der Leyen, a conversa buscou lançar um trabalho para melhorar o preparo do bloco nesta frente e também reforçar a luta contra o novo coronavírus. Em sua nota, a autoridade disse que a emergência de novas cepas da covid-19 "aumentam a ameaça iminente de eficácia reduzida de vacinas recentemente aprovadas" e comentou ser "crucial" um preparo ante a aparição dessas variantes.

A presidente do Executivo da UE afirmou que a discussão explorou os requisitos para o desenvolvimento, a fabricação e a aprovação regulatória de vacinas que deem conta das novas cepas da covid-19. "Foi uma reunião muito produtiva, com várias sugestões práticas", afirmou ela, dizendo que o diálogo com o setor deve prosseguir nas próximas semanas.

Von der Leyen disse que a pandemia deixou claro que a capacidade de manufatura das vacinas acaba por ser um fator limitante para enfrentar o problema, o que a UE pretende resolver. A fim de lidar com o assunto de modo mais estruturado, a Comissão Europeia estabelecerá uma Autoridade de Preparo e Resposta para Emergências de Saúde (HERA, na sigla em inglês), informou.

A UE tem enfrentado atrasos nos prazos para receber imunizantes da AstraZeneca, o que fez o bloco cobrar a empresa várias vezes nos últimos dias a respeitar o calendário estipulado, a fim de não atrasar a vacinação no bloco.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade