Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

COVID-19: festa com grande aglomeração lota Ipanema e causa revolta

Centenas de pessoas lotaram as areias da praia, no dia que o Rio alcançou a marca de 14.743 mortos


31/12/2020 11:06 - atualizado 31/12/2020 12:35

No dia em que o Rio de Janeiro alcançou a marca de 14.743 mortos por COVID-19, a Praia de Ipanema ficou abarrotada de pessoas, na tarde desta quarta-feira (30/12). No Posto 9, uma festa tomou conta da areia e chegou aos trending topics do Twitter na madrugada desta quinta-feira (31/12).

Várias fotos e vídeos foram postados por usuários, mostrando centenas de pessoas reunidas, sem nenhum distanciamento e, em sua maioria, sem uso de máscaras. Um decreto, assinado no último dia 28 pelo prefeito em exercício Jorge Flippe, proíbe qualquer festas até 1º de janeiro, às 06h.

Por causa da pandemia, a Prefeitura do Rio cancelou os shows e a queima de fogos tradicionais na orla de Copacabana, no réveillon. Além disso, a cidade montou um esquema com 54 pontos de bloqueio para controlar o acesso das pessoas à orla da cidade, do Leme ao Recreio, no Pontal.

Entre as 20h do dia 31, horário no qual as praias começam a ficar lotadas, e às 3h do dia 1º, ônibus e vans não poderão mais entrar na região. A medida ainda terá efeito sobre festas particulares. A ideia é que as pessoas não saiam de casa durante a pandemia para grandes reuniões familiares.

Nas redes sociais, a repercussão da aglomeração foi a pior possível:








receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade