Publicidade

Estado de Minas HOMICÍDIO

Pastor assassinado: amigos dizem que ele não escondia passado criminoso

Em velório, familiares lembram que pastor deixou o crime para se converter à religião


06/10/2020 14:11

Pastor foi assassinado enquanto rezava no altar(foto: Ana Rayssa/CB/D.A Press)
Pastor foi assassinado enquanto rezava no altar (foto: Ana Rayssa/CB/D.A Press)
O corpo do pastor evangélico Francisco Antonio, 35 anos, foi velado no cemitério de Taguatinga, no Distrito Federaol, na manhã desta terça-feira (6/10). Cerca de 50 pessoas, entre familiares, amigos e fiéis, prestaram homenagens ao religioso no cemitério da cidade.

"O que eu achava mais bonito nele é que ele não escondia", diz Sabina Sousa, amiga do pastor. Ela relata que ele reconhecia nas pregações que se envolveu em crimes como homicídio e uso de drogas. "Ele combateu o bom combate".

Durante as homenagens, os amigos e a família disseram que ele havia mudado. O cunhado, Vitor Araújo, afirma que era uma das pessoas mais próximas de Francisco. "Me levou para a igreja. Ainda estou em choque".

O pastor foi assassinado no último domingo (4/10), enquanto rezava no altar da igreja Assembleia de Deus Voz do Calvário, no Areal, em Águas Claras. Um homem disparou contra a vítima enquanto ele estava de costas. Ninguém foi preso até o momento. Segundo o Correio apurou, Francisco mudou-se para Brasília depois de se envolver em um assassinato em Parnaíba (PI).


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade