Publicidade

Estado de Minas VÍDEO

Empresário sugere criação de lei para bater em mulher e vai responder por incitação ao crime

Ricardo Roriz já está sendo investigado por fazer um vídeo de mulheres praticando ioga no Rio de Janeiro


12/08/2020 16:02 - atualizado 12/08/2020 17:12

Ricardo Roriz é investigado por vídeo criticando Lei Maria da Penha e gravando mulheres praticando ioga(foto: Reprodução)
Ricardo Roriz é investigado por vídeo criticando Lei Maria da Penha e gravando mulheres praticando ioga (foto: Reprodução)
“Você está casado e está vivendo com uma mulher há mais de três meses, você tem direito de enfiar a porrada se ela te encher o saco”, diz o empresário Ricardo Roriz em um vídeo. Ele vai responder por incitação ao crime de violência contra mulher.

O homem já está sendo investigado desde a última semana por ter gravado e divulgado um vídeo de cunho sexual com mulheres praticando ioga na Lagoa Rodrigo de Freitas, na Zona Sul do Rio de Janeiro.

A advogada e professora Mariana Maduro, de 33 anos, que foi filmada por ele e um outro homem identificado como “Celsão”, se manifestou nas redes sociais e disse ter ficado muito abalada com o vídeo. Ela tirou print dos comentários na publicação de Ricardo e escreveu um texto dizendo “nosso corpo não é público!!”. 

Ver essa foto no Instagram

Esses foram alguns dos comenta%u0301rios nos vi%u0301deos com um senhor insinuando masturbac%u0327a%u0303o com foco no meu corpo fazendo yoga e o outro se deleitando com a cena e dando foco no meu corpo. Sim, portugue%u0302s bem claro, pq a imagem na%u0303o sai da minha cabec%u0327a. Escuto a voz desses dois indivi%u0301duos diuturnamente na cabec%u0327a. E o intuito da minha exposic%u0327a%u0303o e%u0301 voce%u0302s entenderem que NA%u0303O TEM GRAC%u0327A, que NA%u0303O E%u0301 NORMAL. Isso e%u0301 doentio! E%u0301 crime! E que se vc na%u0303o consegue %u201Cna%u0303o ficar tarada%u0303o%u201D (como questiona um cidada%u0303o nos comenta%u0301rios), voce%u0302 na%u0303o deveria sair de casa. Na%u0303o esta%u0301 apto a viver em sociedade. Ver meu corpo, minha arte, o trabalho da amiga querida associados a sexo, meu movimento sendo gravado sem autorizac%u0327a%u0303o para servir para um (ou mais) doente(s) se masturbar(em)... Voce%u0302 acha isso tranquilo? Se vc acha, vc tb precisa de ajuda profissional.. Nosso corpo na%u0303o e%u0301 pu%u0301blico!! Na%u0303o existimos apenas para dar prazer a voce%u0302s. Se tratem! Voce%u0302s na%u0303o esta%u0303o aptos a viver em sociedade, se na%u0303o conseguem conter a lasci%u0301via ao ver uma mulher. Na%u0303o entendo esse cristianismo que violenta, que objetifica, que menospreza... espero que as respectivas esposas e parentes na%u0303o se deparem com homens tal e qual. Na%u0303o desejo a ngm o q sinto nesse momento. Pq, sim, sinto repulsa pelo meu pro%u0301prio corpo, dentre outros. E eu na%u0303o merecia nada disso. #assedio #assediosexual #assediomoral #violenciacontraamulher #heforshe #sheforshe.

Uma publicação compartilhada por Prof. Mariana Maduro (@prof.mariana.maduro) em



E agora, ele também vai responder por gravar um vídeo criticando a Lei Maria da Penha, criada em 2006 para impedir atos de violência doméstica contra mulher. Na gravação, ele sugere criar uma lei para dar o direito ao homem de “enfiar a porrada se ela te encher o saco”.
 
 

Ele gravou este vídeo em 2018 e, agora com a abertura da investigação, retirou das redes sociais. Ricardo Roriz vai prestar depoimento até o fim desta sexta-feira (14).

Segundo a delegada que investiga o caso, Valéria Aragão, ele afirmou que se sente arrependido do que fez e há seis anos começou a fazer vídeos e postar com toque de humorismo. Em momento algum, quis ofender ou expor as pessoas”, disse. “Ele está excluindo todos aqueles que considera ofensivos numa atitude de autocrítica”, acrescentou.
 
Ele utiliza o Instagram @lojademilitaria e tem hoje cerca de 19 mil seguidores. Na tarde dessa quarta-feira (12), Rodrigo compartilhou um vídeo se justificando.

 
* Estagiária sob supervisão da subeditora Ellen Cristie. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade