Publicidade

Estado de Minas PESQUISA BRASILEIRA

Estudo brasileiro que pode levar à cura do HIV será apresentado no Unaids, nesta terça

Conferência Internacional, apoiada pelo programa da ONU, será realizada virtualmente entre esta segunda-feira (6/7) e terça-feira (7/7)


postado em 06/07/2020 18:50 / atualizado em 06/07/2020 19:18

A pesquisa está sendo coordenada pelo infectologista Ricardo Sobhie Diaz, que é uma das referências mundiais no assunto(foto: Divulgação/Unifesp)
A pesquisa está sendo coordenada pelo infectologista Ricardo Sobhie Diaz, que é uma das referências mundiais no assunto (foto: Divulgação/Unifesp)
 

A pesquisa realizada na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), que conseguiu deixar sem vírus por um ano e cinco meses um paciente que vivia com HIV há 7 anos, será apresentada à comunidade internacional em evento nesta terça-feira (7/7). Os detalhes do estudo, que foi divulgado no último fim de semana, estarão na 23ª Conferência Internacional de Aids.

Organizado pela Sociedade Internacional de Aids (conhecida pela sigla em inglês IAS, de International Aids Society) e com apoio do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids (Unaids), o evento debate descobertas científicas e conhecimentos sobre o HIV no mundo todo. A conferência seria em San Francisco, nos Estados Unidos, mas será realizada virtualmente pela primeira vez neste ano por conta das medidas de contenção ao novo coronavírus.

 

Descoberta

Os avanços anunciados neste fim de semana apontam que o grupo de pesquisa pode estar perto de encontrar uma saída definitiva para pacientes com Aids. Se confirmado, o tratamento será um marco histórico mundial por ser a primeira vez que se obtém sucesso contra o HIV sem utilizar transplante de medula — método que já deu resultados favoráveis em duas pessoas.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade