Publicidade

Estado de Minas ESPERANÇA

COVID-19: Brasil passa EUA e assume liderança em número de recuperados

Apesar de ser o pico da doença, país contabilizou nesta quinta-feira 660.469 pacientes sem os sintomas


postado em 25/06/2020 19:58

Segundo autoridades de saúde, Brasil passará pelo apogeu da doença no mês que vem(foto: Olga Maltseva/AFP)
Segundo autoridades de saúde, Brasil passará pelo apogeu da doença no mês que vem (foto: Olga Maltseva/AFP)

Se o número de casos e mortes por coronavírus atinge proporções preocupantes, o Brasil estabeleceu uma marca importante nesta quarta-feira. O país passou os Estados Unidos e lidera em número de pacientes recuperados da doença. O último balanço da Universidade John Hopkins mostrou que 660.469 pessoas venceram a COVID-19 em solo brasileiro.

 

 

Com 2,4 milhões de casos e mais de 122 mil mortes, os norte-americanos somam 656.469 pacientes curados. A Rússia vem logo na terceira posição, com 374 mil pessoas que não apresentam mais os sintomas.

 

Com mais de 1,2 milhão de infectados e 54.971 mortes, o Brasil se transformou no epicentro da doença no mundo. Vários estados já vivem colapso nos sistemas de saúde, com taxas de ocupação de UTI's e enfermarias superiores a 90%.

 

O pico da doença no país sul-americano está previsto para o mês que vem. Na América do Sul, o Chile é outro país que avança assustadoramente na COVID-19, com mais de 259 contaminados e quase cinco mil mortos.

 

O planeta se aproxima de 10 milhões de casos e 500 mil mortes  por COVID-19. O primeiro caso da doença teria ocorrido na China, em 17 de novembro, de acordo com autoridades do país. Os asiáticos conseguiram controlar bem a doença e atualmente aparece na 21ª posição em número de contaminados (84 mil) e mortes (4,6 mil).

 

 

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade