UAI
Publicidade

Estado de Minas CORONAVÍRUS NO BRASIL

Secretários de saúde lançam painel de acompanhamento dos dados da COVID-19

Conass e o ex-secretário João Gabbardo prometeram atualizar diariamente o número de infectados e de mortos pelo coronavírus no Brasil a partir deste domingo


postado em 07/06/2020 20:41

Ex-número 2 do Ministério da Saúde, Gabbardo também lançou ferramenta para acompanhar dados da COVID-19 no Brasil(foto: Sergio Lima/AFP)
Ex-número 2 do Ministério da Saúde, Gabbardo também lançou ferramenta para acompanhar dados da COVID-19 no Brasil (foto: Sergio Lima/AFP)
A tentativa do governo de Jair Bolsonaro de dificultar o acesso aos dados sobre o avanço do coronavírus no país não surtiu efeito. É que, além de o Ministério Público Federal (MPF) ter dado um prazo de 72 horas para o Ministério da Saúde explicar a mudança na forma de divulgação do balanço diário da COVID-19, fontes alternativas de acompanhamento do número de pacientes e mortes causadas pela pandemia no país já começam a aparecer.

A principal alternativa desse tipo é o Painel Conass, que foi lançado na noite deste domingo (07/06) pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). O painel pode ser acessado pelo link e reúne os dados das secretarias de saúde dos estados brasileiros - informações que também servem de base para o balanço oficial do Ministério da Saúde.

O Painel Conass traz, então, o número de casos e de mortes confirmadas pelas secretarias de saúde nas últimas 24 horas e o total de pacientes e óbitos acumulados desde o início da pandemia - o dado consolidado, por sinal, foi excluído do boletim diário do Ministério da Saúde na semana passada. A ferramenta ainda mostra a divisão desses dados pelos estados brasileiros e a taxa de letalidade de cada ente federativo.

"A ciência, a verdade e a informação precisa e oportuna são fios condutores do processo orientador da tomada de decisão na gestão da saúde. Assim, disponibilizamos, a partir de hoje, o PAINEL CONASS – Covid-19", anunciou o Conselho Nacional de Secretários de Saúde, que nesse sábado (06/06) já havia criticado a decisão do governo de Jair Bolsonaro de reduzir e atrasar o boletim diário da COVID-19. "A tentativa autoritária, insensível, desumana e antiética de dar invisibilidade aos mortos pela Covid-19, não prosperará", disse o presidente do Conass, Alberto Beltrame, no sábado.

Por conta disso, a entidade ainda promete atualizar o Painel Conass diariamente até as 18h. Ou seja, bem antes do novo horário de divulgação do boletim oficial do Ministério da Saúde, que nos últimos dias passou a ser liberado só por volta das 22h para não ser exibido nos telejornais noturnos.

O painel do Conass já indica, inclusive, que já há 680.456 casos confirmados e 36.148 óbitos decorrentes da COVID-19 no país. São 7.610 novos casos e 218 mortes a mais que o último balanço do Ministério da Saúde.

Gabbardo


O ex-Secretário Executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo, também lançou neste domingo, outro painel de atualização da COVID-19 no Brasil, que será atualizado de hora em hora. A iniciativa foi bem recebida pela sociedade civil, que agradeceu a atitude pelas redes sociais. Afinal, Gabbardo tem toda a expertise para fazer esse trabalho, já que foi o braço direito do ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta no início da pandemia.

OMS


A Organização Mundial de Saúde (OMS) também informou neste domingo que vai continuar apresentando o balanço consolidado de infectados e de mortos causados pela covid-19 no Brasil. No seu boletim diário sobre o coronavírus, a OMS explicou que vai somar diariamente os novos casos confirmados no país com o último dado consolidado do governo, que foi apresentado na quinta-feira (04/06).

"A partir de 6 de junho, a OMS publicará a soma dos dados cumulativos reportados pelo Ministério da Saúde do Brasil até 4 de junho e os casos e mortes relatados diariamente a partir de então, disponíveis em: https://covid.saude.gov.br/", afirmou a OMS neste domingo.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade