Publicidade

Estado de Minas CONFIRMAÇÃO

Deputado bolsonarista, esposa e filha de 14 anos contraem COVID-19 no Rio

Ex-atleta, parlamentar se posicionou contra às medidas de isolamento social defendidas por especialistas


postado em 21/05/2020 15:50 / atualizado em 21/05/2020 15:58

Luiz Lima fez desabafos numa rede social e acusou o governador Wilson Witzel de perseguição, quando sua esposa e filha de 14 anos foram presas por furarem quarentena no Rio(foto: Câmara/Divulgação)
Luiz Lima fez desabafos numa rede social e acusou o governador Wilson Witzel de perseguição, quando sua esposa e filha de 14 anos foram presas por furarem quarentena no Rio (foto: Câmara/Divulgação)
O deputado federal e ex-nadador olímpico Luiz Lima (PSL), de 42 anos, contraiu coronavírus junto com a mulher, Milene Comini, e a filha de 14 anos. Segundo a assessoria de imprensa do parlamentar, eles ficarão em isolamento domiciliar e passam bem. Defensor das ideias do presidente Jair Bolsonaro, o ex-atleta se posicionou contra às medidas de quarentena orientadas por especialistas, inclusive do próprio Ministério da Saúde.
 
Por coincidência, Milene e a filha do casal foram detidas na praia de Copacabana por desrespeitarem o isolamento e treinar natação. Elas foram encaminhadas a uma delegacia do Rio e foram liberadas depois de prestar depoimento. 

Desde então, Luiz Lima fez desabafos numa rede social e acusou o governador Wilson Witzel de perseguição: “Governador Wilson Wilson Witzel, um ditador, escroto, destemperado e destemperado”, publicou o deputado.   

Ao blog Olhar Olímpico, Luiz ressaltou que a COVID-19 contraída por sua família foi assintomática: “Fizemos o teste no início do mês. Milene e L. (a filha menor de idade) tiveram e não sentiram nada. O meu também seguiu no mesmo sentido, lembro de ter sentido um mal estar apenas”. 

Carreira na piscina

Luiz Lima participou dos Jogos Olímpicos de 1996, em Atlanta, e 2000, em Sidney, com resultados irregulares, além de estar em várias edições de Jogos Pan-Americanos. O nadador estabeleceu o recorde sul-americano dos 400m dos 1,5 mil metros em 1995, superando Djan Madruga. Também é ex-recordista sul-americano dos 800 metros livre em piscina curta, com a marca de 7m50s22, obtidos em 1998. Também foi medalha de bronze no Mundial do Equador nos 5 mil e 10 mil metros em 1997.
 
Formado em educação física, ele entrou para a política em 2018, quando foi eleito deputado federal pelo Rio de Janeiro, com 115.119 votos. 

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade