Publicidade

Estado de Minas CORONAVÍRUS

Hélder Barbalho institui lockdown em 10 cidades do Pará até 17 de maio

De acordo com governador, 375 pessoas já morreram no Pará em decorrência da doença


postado em 05/05/2020 19:55 / atualizado em 05/05/2020 21:23

De acordo com Barbalho, 375 pessoas já morreram no Pará em decorrência da doença (foto: Valter Campanato/Agência Brasil)
De acordo com Barbalho, 375 pessoas já morreram no Pará em decorrência da doença (foto: Valter Campanato/Agência Brasil)
O governador do Pará, Hélder Barbalho (MDB), afirmou hoje, 5, em pronunciamento, que vai decretar lockdown no Estado, o que significa a suspensão total de atividades não essenciais em dez dos municípios paraenses mais afetados pela Covid-19. O decreto passa a valer a partir de quinta-feira, 7, e vale até o dia 17, sendo que nos primeiros três dias haverá "medidas educativas" e a partir do domingo, 10, as autoridades poderão aplicar multas a quem desrespeitar o bloqueio.

De acordo com Barbalho, 375 pessoas já morreram no Pará em decorrência da doença causada pelo novo coronavírus, e 4.756 foram contaminadas. O governador vê a medida de restringir a circulação como "difícil, mas necessária" para conter o crescimento acelerado das contaminações, que já lotam o hospitais pelo Estado e já trazem problemas às unidades do Instituto Médico Legal (IML), afirmou o governador. As medidas valerão para as cidades de Belém, Ananindeua, Marituba, Benevides, Santa Bárbara, Santa Izabel do Pará, Castanhal, Santo Antônio do Tauá, Vigia de Nazaré e Breves.

"Chegou o momento drástico de nós agirmos para salvar a vida da nossa gente", explicou o governador. No decreto, as multas para pessoas que desrespeitarem o lockdown são de R$ 150. Para estabelecimentos comerciais, de R$ 50 mil. Os cidadãos estarão proibidos sair de casa se não estiverem usando máscaras de proteção, e as saídas só serão permitidas para atividades essenciais, como compra de comidas, remédios e para trabalhar, no caso de quem exerce ofícios essenciais.

Barbalho disse que o critério para escolher as cidades que sofrerão o lockdown foi selecionar aquelas com no mínimo 75 casos de Covid-19 a cada 100 mil habitantes. A média no Estado é atualmente de 51 casos para cada 100 mil habitantes. Ainda de acordo com o governador, a taxa de isolamento no Pará tem variado entre 45% e 50%, quando a Organização Mundial da Saúde (OMS) considera que 70% é a taxa necessária para achatar a curva de contaminação.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade