Publicidade

Estado de Minas SAÚDE MENTAL

Coronavírus: médicos e enfermeiros terão acesso à terapia on-line gratuita

Associação Brasileira de EMDR disponibiliza atendimento voluntário para tratamento de traumas no Brasil


postado em 05/05/2020 16:13 / atualizado em 05/05/2020 23:06

Médicos e enfermeiros brasileiros poderão ter acesso à terapia EMDR online e gratuita (foto: Rovena Rosa/Agência Brasil )
Médicos e enfermeiros brasileiros poderão ter acesso à terapia EMDR online e gratuita (foto: Rovena Rosa/Agência Brasil )
 

Durante a pandemia do novo coronavírus, a saúde mental dos profissionais que estão na linha de frente do combate ao COVID-19 pode ser afetada. Pensando nisso,a Rede Solidária da Associação Brasileira de EMDR está disponibilizando terapia on-line e gratuita para os trabalhadores que se interessarem.


Mais de 100 psicólogos e médicos especializados em Eye Movement Desentitization Reprocessing (EMDR) estarão disponíveis para realizar o atendimento dos profissionais da saúde no Brasil. ''Nossa missão é ajudar a cuidar da saúde mental dos médicos e enfermeiros do Brasil nesse momento tão difícil que estamos enfrentando’', explica Ana Lúcia Castello, presidente da Associação Brasileira de EMDR.

A terapia tem como objetivo tratar os casos de stress pós-traumático e catástrofes. Segundo Maria Aparecida (Tina) Zampieri, Vice-Presidente da Associação Brasileira de EMDR, muitos profissionais da saúde podem desenvolver algum transtorno de ansiedade. "Quando o medo nos inunda e um sofrimento intenso e descabido toma conta, efetivamente ele não protege. É a fobia, um transtorno ansioso", explica.

Dessa forma, o EMDR pode minimizar o medo exacerbado e a ansiedade no paciente, além de trabalhar outros traumas que a pessoa viveu e que agravam esses sintomas. O tratamento consiste "em uma terapia por meio dos movimentos oculares e sensações táteis bilaterais, o que permite reprocessamento de memórias traumáticas no cérebro".

As incrições para receber o tratamento já estão disponíveis. Basta enviar um email para: sos@redesolidaria@emdr.org.br  e, no assunto do email, escrever "PRECISO DE AJUDA". Dessa forma, a Rede Solidária da Associação Brasileira de EMDR irá retornar o contato para oferecer tratamento gratuito e on-line a quem precisa.

 

*Estagiária sob supervisão da editora Liliane Corrêa

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade