Publicidade

Estado de Minas CORONAVÍRUS NO BRASIL

Após contrair Covid-19, artista Daniel Azulay morre no Rio de Janeiro

Ex-apresentador estava em tratamento de leucemia e foi contaminado pelo coronavírus


postado em 27/03/2020 21:01 / atualizado em 27/03/2020 22:24

Artista e apresentador Daniel Azulay fez sucesso na televisão nos anos 70 e 80(foto: Reprodução/Facebook)
Artista e apresentador Daniel Azulay fez sucesso na televisão nos anos 70 e 80 (foto: Reprodução/Facebook)
O artista e apresentador Daniel Azulay morreu nesta sexta-feira, no Rio de Janeiro, aos 72 anos. Segundo informações divulgadas na página oficial de Azulay no Facebook, ele estava em tratamento de leucemia e foi contaminado pelo novo coronavírus.


Daniel fez grande sucesso na televisão entre os anos 70 e 90, com programação educativa voltada para o público infantil.

"Desenhista e educador. Mas também é pintor, músico, escritor, ilustrador de livros infantis e bacharel em Direito por formação.". Essa é a definição descita no site oficial de Daniel Azulay.

Em 1975, Azulay criou a Turma do Lambe-Lambe, que ficou no ar durante 15 anos consecutivos TV Bandeirantes e na Educativa.

 

Em 1996 retornou à Band-Rio por mais quatro anos apresentando a “Oficina de Desenho Daniel Azulay”. Em 2003, 2004 e 2005 apresentou a “Turma do Lambe-Lambe” na TV Rá-Tim-Bum da TVCultura e “Azuela do Azulay” no Canal Futura.

 

Durante mais de uma década, Daniel Azulay influenciou a geração dos Anos 80 como pioneiro, ensinando muita gente pela TV a fazer brinquedos de sucata, esculturas de bexiga “Bolamania”, a brincar e desenhar usando a imaginação com jogos de raciocínio.

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade