Publicidade

Estado de Minas

Suspeito de ter matado mulher com tiro no rosto é achado morto

Kleber Rogério de Oliveira Soares é acusado de matar a ex-namorada, Denise Aparecida, de 46 anos, com um tiro no rosto dentro da casa dela


postado em 15/10/2019 14:26 / atualizado em 15/10/2019 14:54

Suspeito de feminicídio no Pedregal é encontrado morto debaixo da Ponte do Bragueto, no DF, na manhã desta terça-feira (15/10)(foto: Lis Cappi/CB/D.A Press)
Suspeito de feminicídio no Pedregal é encontrado morto debaixo da Ponte do Bragueto, no DF, na manhã desta terça-feira (15/10) (foto: Lis Cappi/CB/D.A Press)
O principal suspeito de matar Denise Aparecida dos Santos, de 46 anos, na segunda-feira (14/10) foi encontrado morto embaixo da Ponte do Bragueto, no Lago Norte, no Distrito Federal, na manhã desta terça-feira (15/10). Kleber Rogério de Oliveira Soares, de 36, estava caído de barriga para cima, sem camisa e com marca de tiro na altura do queixo.

De acordo com a perícia da Polícia Civil do Distrito Federal, Kleber estava com uma arma na mão calibre .38. No revólver foram encontradas duas cápsulas deflagradas. Uma das balas foi usada contra ele mesmo. A polícia investiga se a outra foi utilizada para matar Denise.

Funcionários de uma empresa que realiza obras embaixo da ponte relatam que o homem chegou ao local por volta das 16h de segunda-feira (14/10) carregando uma mochila. Acomodou-se próximo da pilastra de sustentação da nova ponte, e começou a pescar.

Segundo relato dos trabalhadores, quando foram embora, aproximadamente às 17h, ele estava deitado. O grupo o encontrou no início desta manhã na mesma posição e chamou a polícia

Femincídio


Kleber é o principal suspeito de ter matado a ex-namorada com um tiro no rosto, no Pedregal, Novo Gama, dentro da casa dela. Segundo familiares da vítima, ele não aceitava o fim do relacionamento de quase quatro anos. Antes de cometer o crime, o suspeito deixou uma mensagem na parede da casa da mulher com ameaças. Segundo a família dela, ele também tinha o intuito de matar o atual namorado de Denise.

O velório da vítima será no cemitério Campo das Esperança da Asa Sul, a partir das 16h, no Templo Ecumênico 2.

Quem vive um relacionamento abusivo ou conhece alguém nessa situação, pode procurar ajuda junto às forças de segurança pública.

Onde procurar ajuda?

  • Central de Atendimento à Mulher em Situação de Violência — Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República
    Telefone: 180 (disque-denúncia)  
  • Centro de Atendimento à Mulher (Ceam) no DF 
    De segunda a sexta-feira, das 8h às 18h
    Locais: 102 Sul (Estação do Metrô), Ceilândia, Planaltina 
  • Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) no DF 
    Entrequadra 204/205 Sul - Asa Sul (61) 3207-6172 
  • Disque 100  
    Ministério dos Direitos Humanos Telefone:
  • 100 Programa de Prevenção à Violência Doméstica (Provid) da Polícia Militar Telefones: (61) 3910-1349 / (61) 3910-1350


Publicidade