Publicidade

Estado de Minas GERAL

Aeroporto Tom Jobim deve receber 6 mil voos do Santos Dumont durante obras


postado em 24/08/2019 13:21

O aeroporto Internacional Tom Jobim - Rio Galeão, no Rio de Janeiro, deve receber 6 mil voos transferidos do Santos Dumont, durante as obras de expansão do Santos Dumont, segundo informações da Agência Brasil. Os trabalhos no Santos Dumont tiveram início neste sábado e tendem a prosseguir até 21 de setembro, de acordo com previsão da Infraero. A programação prevê interdição da pista principal do aeroporto e operação normalizada da pista auxiliar. "Voos de empresas com aeronaves de menor porte irão operar da pista auxiliar, minimizando o impacto aos passageiros que utilizam o terminal", informa a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

As companhias aéreas Gol e Latam redirecionaram os voos para o Galeão, enquanto a Passaredo e a Azul optaram por manter parte das operações no Santos Dumont, diz a Infraero, que controla as operações. As obras da pista principal do Santos Dumont, segundo a Infraero, devem fornecer uma melhora no contato entre os pneus das aeronaves e a pista molhada ou seca. "Neste período, as equipes de trabalho atuarão 24 horas por dia, 7 dias por semana, para recuperação das camadas porosa de atrito e estrutural da pista", diz a empresa, em comunicado para a imprensa. A última vez que a pista do aeroporto passou por manutenção semelhante foi em 2009.

A concessionária Rio-Galeão, que administra o aeroporto Internacional Tom Jobim, estima que a movimentação do aeroporto deve crescer 73% no período de obras do Santos Dumont, recebendo mais 767 mil passageiros. "O RIOgaleão tem capacidade de processamento de 37 milhões de passageiros por ano. Com isso, conseguimos absorver a demanda do Santos Dumont sem que haja prejuízo à nossa operação regular", observa o diretor de operações do Rio-Galeão, Herlichy Bastos, em comunicado para a imprensa.


Publicidade