Publicidade

Estado de Minas

Professor entra armado com besta na Secretaria de Educação do Distrito Federal

Segundo o órgão, o docente portava uma faca e uma besta, arma que atira flechas e foi utilizada no ataque a escola em Suzano (SP)


postado em 15/03/2019 13:30 / atualizado em 15/03/2019 13:48

Homem tentou entrar armado na Secretaria de Educação do Distrito Federal(foto: Ana Rayssa/CB/D.A. Press)
Homem tentou entrar armado na Secretaria de Educação do Distrito Federal (foto: Ana Rayssa/CB/D.A. Press)
Um professor de música de 53 anos foi detido, nesta sexta-feira (15/3), após chegar armado ao prédio da Secretaria de Educação do Distrito Federal e pedir para falar com o responsável pela pasta, Rafael Parente.

A segurança do órgão agiu e o deteve. A Polícia Militar foi acionada e o homem, levado algemado. Em seguida, o prédio onde funciona a secretaria, no Setor Bancário Norte, foi isolado.

Informações da secrearia são de que o homem estava armado com um facão e uma besta, arma que lança flechas e também foi utilizada no ataque à Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano (SP), na última quarta-feira (12/3).

Segundo a Polícia Militar, o fato de o professor estar muito alterado e parte da besta ter sido vista fez com que os seguranças agissem e acionassem a corporação.

Professor afastado

O incidente foi confirmado por Parente por meio do Twitter. Em uma segunda mensagem, também na rede social, o secretário informou que o professor foi afastado por determinação do governador em exercício, Paco Britto.




A Secretaria de Estado de Educação do DF emitiu nota. Leia:

"A Secretaria de Estado de Educação do DF informa que um professor, armado com uma faca e uma besta com cinco setas, entrou na Sede I do órgão, no Ed. Phenínia, Setor Bancário Norte, no final da manhã desta sexta-feira (15). Ele subiu até a assessoria do gabinete, no 12ª andar. Funcionários perceberam o cabo da besta para fora da mochila que ele carregava e acionaram a Polícia Militar. Dois policiais chegaram rapidamente e o renderam. O professor não chegou a utilizar as armas. A ocorrência foi registrada na 5ª Delegacia de Polícia."


Publicidade