Publicidade

Estado de Minas TRAGÉDIA EM SUZANO

Assassinos de tragédia em Suzano carregavam revólver, arco e flecha e bomba 'fake'

Dupla matou oito pessoas na manhã desta quarta-feira, no interior de São Paulo


postado em 13/03/2019 15:41

Dupla matou oito pessoas em Suzano (SP)(foto: Nelson Almeida/AFP)
Dupla matou oito pessoas em Suzano (SP) (foto: Nelson Almeida/AFP)

Identificados como autores do massacre desta quarta-feira numa escola em Suzano (SP), Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, e Luiz Henrique de Castro, de 25, carregavam grande arsenal de armas. A tragédia deixou dez mortos: duas funcionárias, cinco alunos, um comerciante e os dois assassinos. Outros nove estudantes ficaram feridos.

Segundo o comandante-geral da Polícia Militar, Marcelo Salles, a dupla levava um revólver calibre 38, um machadinho, facas, garrafas de coquetel molotov e um objeto semelhante a um arco e flecha medieval, conhecida como balestra ou besta. Os dois eram ex-alunos da Escola Estadual Professor Raul Brasil, local do crime.

O Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), da Polícia Militar, foi acionado durante a manhã para analisar um artefato suspeito. A investigação identificou que o pacote com fios, que poderia ser um explosivo, era ‘fake’.

“Ocorreu um trabalho do Gate. Foi uma tentativa simulada da dupla para que pensássemos que fossem explosivos. Era um pacote fake. A partir daí, o instituto de criminalística e a Polícia Civil puderam entrar e colher o material para investigação. Estão fazendo a simulação, a reconstituição. Depois de tudo isso, teremos mais argumentos para passá-los”, disse o  secretário de Segurança Pública do estado de São Paulo, João Camilo Pires dos Santos.

Veja a lista dos mortos a seguir:

Alunos:

Pablo Henrique Rodrigues
Cleiton Antônio Ribeiro
Samuel Melquíades Silva de Oliveira
Douglas Murilo Celestino
Caio Oliveira

Funcionárias da escola:

Marilena Ferreira Vieira Umezo (coordenadora pedagógica)
Eliana Regina de Oliveira Xavier (funcionária da escola)

Comerciante:

Jorge Antônio Moraes (dono de uma locadora)

Assassinos:

Guilherme Tauci Monteiro (17 anos, ex-aluno da escola)
Luiz Henrique de Castro (25 anos, ex-aluno da escola)


Publicidade