Publicidade

Estado de Minas GERAL

Bloco Esfarrapado celebra a tradição e as marchinhas de carnaval


postado em 04/03/2019 13:15

"Quem viu vai ver de novo, o Esfarrapado encantando o povo. São 72 anos de folia pelas ruas do Bixiga compartilhando alegria."

É com esse refrão que o bloco Esfarrapado, no bairro do Bixiga, no Centro de São Paulo, comemora seus 72 anos de existência. É o bloco mais antigo da cidade.
Criado por seis amigos numa segunda-feira de carnaval em 1947, o bloco é o símbolo da folia de rua do principal reduto do samba paulista. E, desde então, o Esfarrapado - uma alusão ao modo como os foliões se vestem para o cortejo, vem com fantasias regadas de criatividade e improviso.

Aos 83 anos e esbanjando saúde e simpatia, Milton Credidio, o Tinin, é um dos fundadores e presidente de honra do bloco. "Quem manda no Esfarrapado é a comunidade, sem a comunidade não adianta nada", diz o folião, que por muito tempo se encarregou de enfeitar as ruas do Bixiga e angariar apoio para o bloco.
O que começou com seis amigos, hoje é um dos principais eventos do carnaval paulistano, símbolo da história e da memória do carnaval de São Paulo. "Nosso tema é a tradição dos blocos de rua, que deram origem às escolas de samba", afirmou Maurízio Bianchi, o Maurizinho, atual presidente do bloco.

A concentração começou às 10h, no cruzamento das ruas 13 de Maio e Conselheiro Carrão, no Bixiga. Às 14h, o cortejo sairá acompanhado por dois trios elétricos e bateria, e irá até às 18h.

A expectativa da diretoria do bloco é de que mais de 40 mil foliões curtam as marchinhas de carnaval do Esfarrapado.

O casal Zandra Dieb e Marcos Guimarães é de Brasília e faz parte de um bloco carnavelsco na capital federal. Há cinco meses em São Paulo, os foliões escolheram o bloco para estrear na folia paulistana justamente pela história. "Escomhemos o Esfarrapado porque gostamos dos blocos tradicionais e das marchinhas de carnaval."


Publicidade