Publicidade

Estado de Minas

Cordão do Boitatá anima foliões no centro do Rio

De acordo com estimativas da prefeitura, a festa, que começou pouco depois das 11h, deve reunir 50 mil pessoas e se prolongar até o final da tarde


postado em 03/03/2019 13:47 / atualizado em 03/03/2019 14:00

(foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)
(foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Em seu 23º carnaval, o bloco Cordão do Boitatá anima neste domingo os foliões em um show na Praça XV, no centro da cidade do Rio de Janeiro. De acordo com estimativas da prefeitura, a festa, que começou pouco depois das 11h, deve reunir 50 mil pessoas e se prolongar até o final da tarde.

O bloco Cordão do Boitatá anima foliões em um show na Praça XV, no centro da cidade do Rio de Janeiro(foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)
O bloco Cordão do Boitatá anima foliões em um show na Praça XV, no centro da cidade do Rio de Janeiro (foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)
“O carnaval do Boitatá traz a coisa da fantasia, em todos os seus sentidos, e da musicalidade. Para a gente, o carnaval é sobretudo um lugar onde a música, a união, o espírito coletivo e a cultura encontram sua máxima potência”, explica o saxofonista Thiago Queiroz, um dos fundadores do bloco.

Morador do Méier, Ramon Araújo chegou cedo, por volta das 8h, vestido do personagem dos videogames Super Mario. “Boitatá é o meu único bloco certo de vir no carnaval. Eu gosto porque tem um palco e é um esquema de show, com boa estrutura para comportar muita gente. E é um bloco tradicional”, explica.

(foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)
(foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Durante a execução da música Estação Derradeira, de Chico Buarque, o Boitatá fez uma homenagem a Alfredo Jacinto Melo, o Alfredinho, proprietário do bar Bip Bip, tradicional reduto do samba em Copacabana, na zona sul da cidade, que morreu ontem (2), aos 75 anos.

O Cordão do Boitatá começou como um bloco de cortejo carnavalesco há 23 anos. Desde 2006, o cordão também apresentava em palco montado na Praça XV.

*A matéria foi alterada às 13h45 para inclusão de fotografias.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade