Publicidade

Estado de Minas

Homem leva patinete monitorado por aplicativo para casa e é detido

De acordo com as autoridades, o homem pensou que o meio de transporte estaria abandonado e levou para casa a fim de devolver para o dono


postado em 27/02/2019 22:36

O homem levou o patinete da Yellow para casa e foi surpreendido por policiais(foto: PCDF/Divulgação)
O homem levou o patinete da Yellow para casa e foi surpreendido por policiais (foto: PCDF/Divulgação)
Após levar um patinete elétrico da Yellow para casa, nesta quarta-feira (27/2), um visitante do Parque do Paranoá, no Distrito Federal, foi conduzido à 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá) por suposto furto. O patinete, monitorado remotamente, foi localizado na casa do indivíduo, que, surpreendido pelos policiais e donos do equipamento, alegou não conhecer essa modalidade de transporte.
 
Segundo a delegada da 6ª DP, Jane Kéblia, o homem afirmou que encontrou o patinete pelo local e pegou com a intenção de devolver para o dono. “Ele acreditou que estava abandonado, mas percebeu que o objeto tinha muito valor e levou consigo. Foi liberado, mas pode responder por furto”, explica. 
 
Segundo a comunicação oficial da empresa, os patinetes não precisam de estação. No término da viagem, basta estacioná-lo corretamente sem que o objeto atrapalhe os pedestres que circulam no local. No entanto, a corrida deve ser encerrada no aplicativo ou o cadeado fechado manualmente. 
 
Saiba como usar 
 
O usuário deve criar uma conta gratuita pelo aplicativo e utilizar o mapa para localizar a patinete mais próxima. O pagamento pelo serviço é feito com cartão de crédito ou dinheiro. Para iniciar a viagem, localize o QR code no patinete e escaneie. 
 
Segundo instruções disponíveis no site da Yellow, a população deve respeitar as leis de trânsito e evitar acidentes, usar capacete para própria segurança e andar até 6km/h em calçadas e 20km/h em ciclovias e ciclofaixas. Caso o uso ocorra à noite, os faróis devem ser acendidos. 


Publicidade