Publicidade

Estado de Minas GERAL

Morre menina atingida por bala perdida durante perseguição em Peruíbe


postado em 15/02/2019 19:33

A menina Hillary Souza Valadares, de 2 anos, atingida por uma bala perdida durante perseguição policial a criminosos em Peruíbe, litoral sul de São Paulo, teve morte cerebral confirmada na manhã desta sexta-feira, 15. Desde a noite de terça, 12, quando foi atingida, a criança estava internada em unidade de tratamento intensivo da Santa Casa de Santos.

O hospital confirmou a morte encefálica e aguardava uma definição da família sobre possível doação de órgãos. Hillary estava com os pais em um carro, no bairro Caraguava, no momento em que um policial militar à paisana perseguia uma dupla que havia roubado um carro.

A família havia saído de um supermercado, por volta das 22 horas, e seguia de carro para casa, quando aconteceu o tiroteio. Os dois homens no carro roubado teriam atirado e o policial militar à paisana teria revidado.

Uma bala perfurou o para-brisa, o banco dianteiro e atingiu a cabeça da menina, que estava no banco de trás com a mãe. O pai, que estava ao volante, levou a filha a uma Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Peruíbe, de onde ela foi transferida para o hospital de Santos, com o projétil alojado na cabeça.

Na sequência da perseguição, o carro com os ladrões caiu numa vala e um dos suspeitos foi morto pelo policial. O outro escapou pelo mato. O veículo havia sido roubado de uma mulher, que foi abordada pelos dois homens na porta de casa, em Peruíbe. O marido dela perseguiu os bandidos de moto e, no caminho, pediu ajuda ao policial militar, que estava de carro.

A Polícia Civil abriu inquérito para apurar o caso e apreendeu a arma usada pelo policial para perícia. Imagens de câmeras instaladas na região também estão sendo analisadas. Exames de balística devem indicar se o tiro que matou Hillary partiu da arma do policial ou foi disparado pelos ladrões.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade