Publicidade

Estado de Minas

Morte de rapaz sufocado por segurança de hipermercado causa revolta nas redes sociais

Mesmo diante dos apelos de testemunhas que presenciaram a cena, funcionário do Extra não saiu de cima do homem, que morreu no local


postado em 15/02/2019 14:58 / atualizado em 15/02/2019 15:48


A cena de um rapaz recebendo um 'mata-leão' de um segurança do supermercado Extra, na Barra da Tijuca, nesta quinta-feira, causou revolta entre os usuários de redes sociais.

Muitos internautas compararam o fato ao ocorrido recentemente no Carrefour, em que um cachorro foi morto ao ser agredido com uma barra de ferro por um segurança terceirizado do supermercado. 

Paola Carossella, chef e uma das juradas do Master Chef Brasil, postou um comentário em que destaca o fato do jovem morto ser negro e a morte do cachorro no Carrefour. O comentário gerou quase 10 mil retuítes e mais de 33 mil curtidas até a tarde desta sexta-feira.

No Twitter, Extra e Carrefour figuravam entre os assuntos mais comentados no país. O vídeo foi compartilhado por milhares de pessoas em mostra o rapaz praticamente 'escondido' por baixo do segurança, que preferiu não ceder aos pedidos das testemunhas para que saísse de cima do rapaz, que teria tentado furtar a arma de um dos vigilantes. 


Nem mesmo as tentativas de ressuscitá-lo, por parte dos bombeiros que chegaram ao local surtiram efeito. Ele chegou a ser
levado para o hospital, mas não resistiu a uma parada respiratória.

Outros internautas publicaram frases como 'segurança assassino' e houve até aqueles que aplaudiram a atitude do segurança, dizendo que ele deveria receber um aumento.

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade