Publicidade

Estado de Minas

Aeroportos da Infraero devem receber 5 milhões de pessoas até janeiro

Movimento de aeronaves deve ser de aproximadamente 42 mil pousos e decolagens no período entre os dias 17 de dezembro e 6 de janeiro.


postado em 15/12/2018 20:28

Dentre os aeroportos administrados pela Infraero estão os de Congonhas, Santos Dumont, Curitiba, Recife e Manaus(foto: (Arquivo/Tânia Rêgo/Agência Brasil))
Dentre os aeroportos administrados pela Infraero estão os de Congonhas, Santos Dumont, Curitiba, Recife e Manaus (foto: (Arquivo/Tânia Rêgo/Agência Brasil))
A Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária) espera receber 5 milhões de passageiros, entre embarques e desembarques, em seus aeroportos neste fim de ano. Ela acredita que o movimento de aeronaves deve ser de aproximadamente 42 mil pousos e decolagens no período entre os dias 17 de dezembro e 6 de janeiro.
 
De acordo com a empresa, a preparação para receber o fluxo intenso de passageiros começou em novembro e passou pela manutenção preventiva de esteiras de despacho e restituição de bagagens, sinalização de pista, pontes de embarque, escadas rolantes, raios-x e detectores de metal, entre outros.
 
Dentre os aeroportos administrados pela Infraero estão os de Congonhas, Santos Dumont, Curitiba, Recife e Manaus.
 

Preparativos

 
“Esse cuidado prévio vai garantir que passageiros, companhias aéreas e demais clientes dos nossos aeroportos tenham uma passagem tranquila pelos terminais, sejam eles de grandes cidades ou do interior do Brasil”, disse o diretor de Operações Serviços Técnicos da Infraero, João Márcio Jordão, em declaração publicada no site da empresa.
 
O monitoramento dos aeroportos também será reforçado em todas as etapas de embarque e desembarque. Eles terão capacidade para atuar na correção de qualquer situação que possa prejudicar as operações.
 
Junto com eles, equipes de limpeza e manutenção vão intensificar suas atividades, com atenção especial para os horários de maior movimento, garantindo que a demanda seja bem atendida.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade