Publicidade

Estado de Minas GERAL

Mansão de Clodovil em Ubatuba é arrematada por R$ 750 mil


postado em 17/08/2018 20:33

A casa de praia que pertenceu ao estilista Clodovil Hernandes, em Ubatuba, litoral norte de São Paulo, foi arrematada por R$ 750 mil em leilão virtual encerrado nesta quinta-feira, 16. O imóvel foi vendido pelo lance mínimo, após duas tentativas anteriores em que não houve arrematante. O comprador é um morador de Campinas que não quis ser identificado. No primeiro leilão, a mansão estava avaliada em R$ 1,5 milhão, valor reduzido para R$ 1,25 milhão na segunda praça.

A mansão construída pelo estilista, falecido há nove anos, fica em terreno de 4,3 mil metros quadrados com vista para o mar, na Praia do Léo, em área de preservação ambiental. Uma parte da construção foi demolida após intervenção do Ministério Público Estadual. O projeto da casa, com trinta cômodos, foi feito conforme o gosto de Clodovil. No lado externo, tem uma piscina e uma capela. Após a morte do dono, o imóvel ficou abandonado e sofreu processo de deterioração que reduziu seu valor.

O leilão foi determinado pela 4ª Vara da Família e Sucessões de São Paulo e uma parte do dinheiro arrecadado vai cobrir débitos deixados pelo proprietário do imóvel. Em abril de 2012, um leilão de bens pessoais do estilista arrecadou R$ 372 mil.

Depois de fazer sucesso na alta costura e como apresentador de TV, Clodovil entrou na política. Em 2006, foi eleito deputado federal com a terceira maior votação do Estado de São Paulo. Seu mandato iria até 2011. Ele morreu em Brasília, no dia 7 de março de 2009, após sofrer um acidente vascular cerebral.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade