Publicidade

Estado de Minas GERAL

Brasileiro morre no percurso de Santiago de Compostela


postado em 07/08/2018 10:39

Agentes da Guarda Civil de Izco, em Pamplona, encontraram na segunda-feira, 6, o corpo do brasileiro Fernando Luiz Righi de Oliveira, de 68 anos. Ele estava desaparecido desde o sábado, 4, quando realizava o Caminho de Santiago de Compostela.

Membros do Grupo de Guia Canino da Polícia Foral, a Brigada de Proteção Ambiental e a Delegacia de Polícia de Sangüesa participaram da busca do peregrino junto com o Instituto Armado.

Segundo Fernando Luiz Righi de Oliveira Júnior, de 43 anos, o pai estava realizando o Caminho de Santiago de Compostela pela terceira vez e nesta última teve um mal súbito.

Ele contou que durante o percurso o pai sempre mantinha contato com a família. O último dia foi na sexta-feira, 3. Júnior disse que, no sábado, a família começou a se preocupar e sentir falta da comunicação com o pai.

"Meu pai nunca teve problemas de saúde. Ele gostava muito de viajar. Ele planejava passo a passo da viagem. Estava aposentado e gostava de ficar com os netos, de ir para casa da praia e planejar as viagens", disse Júnior.

Cremação

O filho informou que, por causa dos trâmites burocráticos, a mãe a irmã decidiram cremar o corpo do brasileiro em Pamplona, na Espanha, e levar a cinzas para Porto Alegre (RS), onde Fernando Luiz Righi de Oliveira morava com os familiares.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade