Publicidade

Estado de Minas GERAL

UFSCar e CPFL firmam acordo de cooperação para ações de economia de energia


postado em 31/07/2018 13:27

A Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) informa que assinou com a CPFL Paulista um termo de cooperação técnica para a substituição de lâmpadas comuns por LED e a implantação de usinas solares fotovoltaicas nos campi São Carlos e Sorocaba (ambos no Estado de S. Paulo) da universidade, com investimentos na ordem de R$ 2,7 milhões.

Os serviços serão realizados pela CPFL e devem ser finalizados em dezembro deste ano. Em contrapartida, a UFSCar promoverá, em São Carlos, cursos e capacitações para os profissionais da companhia.

O termo de cooperação envolve dois novos projetos. Um deles será no Campus São Carlos da UFSCar e compreende a troca de 2.464 luminárias da iluminação externa por lâmpadas de LED e a construção de uma usina solar fotovoltaica de 2,2 KWp que será usada para fins didáticos.

O trabalho da CPFL está previsto para ser realizado entre agosto e novembro de 2018. O outro é no Campus Sorocaba da Universidade, onde serão substituídas cerca de 7.433 lâmpadas fluorescentes por LED e a implantação de uma usina de 12,6 KWp que fornecerá uma parte da energia utilizada pelo Campus. Os serviços serão realizados entre outubro e dezembro deste ano.

Em nota, Walter Libardi, Vice-Reitor da UFSCar, que coordenou a elaboração do projeto de eficiência energética da Instituição, destaca que "atualmente, 20% do orçamento da Universidade é destinado ao pagamento das contas de energia elétrica e que a economia gerada será fundamental em um momento que a Instituição enfrenta restrições orçamentárias significativas".

Para a Reitora da UFSCar, Wanda Hoffmann, o projeto de eficiência energética também vai além da economia. "Isso vai fazer com que a Universidade economize grande parte da energia e, ao mesmo tempo, estaremos implantando usinas fotovoltaicas que vão colaborar em processos formativos e criar uma cultura de sustentabilidade na comunidade.

"Além da economia de recursos, vamos nos voltar para a formação de pessoas sobre consumo consciente, trazendo melhorias para a Universidade, para o meio ambiente e ajudando o nosso País", avalia Hoffmann. Ela destaca que também no Campus Araras da UFSCar está em andamento um projeto de eficiência energética, com investimentos da ordem de R$ 1,3 milhões, em parceria com a concessionária Elektro.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade