Publicidade

Estado de Minas

Toboágua onde homem morreu no Beach Park tem curvas a 90º de inclinação

Turista de Sorocaba, no interior de São Paulo, morreu após ser arremessado de brinquedo inaugurado no fim de semana em parque no Ceará


postado em 17/07/2018 09:44 / atualizado em 17/07/2018 09:59

Vainkará tem 150 metros de descidas e deixa a sensação de gravidade zero, segundo divulgação(foto: Beach Park/Divulgação)
Vainkará tem 150 metros de descidas e deixa a sensação de gravidade zero, segundo divulgação (foto: Beach Park/Divulgação)
O radialista Ricardo José Hilário da Silva, 43 anos, de Sorocaba (SP), morreu ontem ao cair do Vainkará, no Parque Aquático Beach Park, em Aquiraz, na região metropolitana de Fortaleza.
Ricardo José Hilário da Silva, 43 anos, era radialista de Sorocaba e morreu ao cair do Vainkará(foto: Reprodução/ Facebook )
Ricardo José Hilário da Silva, 43 anos, era radialista de Sorocaba e morreu ao cair do Vainkará (foto: Reprodução/ Facebook )
O turista estava no brinquedo, inaugurado no fim de semana, com mais três pessoas, quando na última curva do toboágua, antes da chegada à piscina, a boia ultrapassou a parede de contenção e os quatro foram arremessador para fora do brinquedo. Ricardo teve traumatismo craniano e morreu no local.

O Vainkará, a 19ª atração do Beach Park, tem 150 metros de descida e paredes de 90 graus —trazendo a proposta de gravidade zero. Conforme a divulgação, o brinquedo proporciona várias descidas. A primeira queda é íngreme e faz com que a boia encontre uma grande onda. “Em uma sequência rápida, uma segunda onda deixa o Vainkará mais radical, com sensação de gravidade zero”, diz a descrição da atração.

Em nota, o parque lamentou o acidente: “O Beach Park Entretenimento confirma que foi registrado um acidente em uma das atrações do parque aquático na tarde de segunda-feira. A equipe de segurança aquática realizou o atendimento de forma imediata, mas infelizmente o visitante foi a óbito. O Beach Park lamenta profundamente o ocorrido e está dando todo o apoio, suporte e atenção para a família”.

No documento, o Beach Park destaca que “após o acidente, o parque encerrou as atividades da atração e que só voltará a abrir após a apuração pericial, que será realizada pelos órgãos competentes na investigação das causas do acidente. Em respeito à família, o parque não funcionará amanhã (hoje), 17 de julho”. A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará informou que a Perícia Forense foi acionada para realizar perícia técnica no brinquedo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade