Publicidade

Estado de Minas

Família de Marielle ainda cobra respostas 4 meses após morte de vereadora


postado em 14/07/2018 12:36

Rio, 14 - A família de Marielle Franco (PSOL), junto com a Anistia Internacional, divulgou na manhã deste sábado, 14, um vídeo cobrando respostas sobre o assassinato da vereadora - morta a tiros no dia 14 de março, há exatos quatro meses, junto com seu motorista Anderson Gomes.

Marinete da Silva e Antônio da Silva, pais de Marielle, cobram um posicionamento dos investigadores do crime, que permanecem em silêncio. Na última sexta-feira, a Anistia Internacional pediu a criação de uma comissão externa de especialistas para acompanhar o caso, até agora sem nenhuma resposta.

(Roberta Jansen)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade