Publicidade

Estado de Minas

Combate à violência é multicausal e não tem receita única


postado em 16/06/2018 09:18

São Paulo, 16 - Trecho de entrevista com o diretor-presidente do Fórum de Segurança, Renato Sérgio de Lima:

A constatação da relação entre piores indicadores sociais e criminalidade serve para quê?

O dado confirma que a violência é um fenômeno multicausal e não há uma receita única para ser utilizada nesse combate. Sabemos que não depende apenas da polícia, apesar da sua grande importância nesta questão. Hoje, a política pública mais disseminada é a prisão e, ao valorizar essa saída, o País, que tanto quer fugir dessa criminalidade, acaba cada vez mais se tornando refém dela. Precisamos pensar em estratégias de prevenção primária, com escolas e oportunidade de emprego, mas também a terciária, para os egressos do sistema prisional.

O estudo mostra uma concentração dos homicídios em pouco mais de cem municípios. Isso torna mais fácil a implementação de políticas para a área?

Isso reforça que ações universais podem não resolver o problema, com impacto reduzido e alto gasto de dinheiro público. Em vez disso, a opção pode ser por ações focalizadas em bairros desses municípios mais violentos, planejando uma política específica, com maior efeito.

(Marco Antônio Carvalho)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade