...
Publicidade

Estado de Minas

Morre jovem atacado por tubarão em Pernambuco

José Ernestor Ferreira da Silva, de 18 anos, estava na praia com um irmão e amigos e havia se afastado muito da margem quando foi mordido


postado em 04/06/2018 07:41 / atualizado em 04/06/2018 09:01

(foto: Reprodução/WhatsApp)
(foto: Reprodução/WhatsApp)

O jovem de 18 anos, atacado por um tubarão no fim da tarde desse domingo (3), na praia de Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, morreu na madrugada desta segunda-feira (4), no Hospital da Restauração, no Recife.

José Ernestor Ferreira da Silva chegou a passar por cirurgia, teve amputada a perna esquerda e parte da genitália, para estancar uma hemorragia, mas isso não foi bastante para salvar a vida da vítima.

Ontem, enquanto ainda era socorrido, o rapaz sofreu duas paradas cardíacas. Ele estava na Unidade de Terapia Intensiva do HR, monitorado por aparelhos. José Ernestor foi operado e estava sendo acompanhado pela equipe de cirugiões gerais, vasculares e ortopedistas do hospital. Desde a noite de ontem, um boletim médico do HR já informava que situação do jovem era muito delicada.
(foto: Reprodução/WhatsApp)
(foto: Reprodução/WhatsApp)

Como aconteceu


O Corpo de Bombeiros informou que José Ernestor foi à praia com um grupo de amigos e com o irmão, mas não se sabe se as outras pessoas estavam na água no momento do ataque.

Os três guarda-vidas que atuam naquele trecho da praia notaram que o rapaz estava em uma área mais afastada e, quando foram avisá-lo para se aproximar da praia, ele foi surpreendido pela mordida do animal.

A equipe entrou na água, retirou a vítima e fez os primeiros procedimentos no local. De acordo com o Samu, o jovem foi encaminhado ao hospital em estado grave.
Mãe de José Ernestor e o irmão dele, no hospital onde morreu o jovem atacado por tubarão(foto: Nando Chiapetta/DP/DA Press)
Mãe de José Ernestor e o irmão dele, no hospital onde morreu o jovem atacado por tubarão (foto: Nando Chiapetta/DP/DA Press)

História de ataques


Esse foi o 65° caso registrado em Pernambuco desde 1992, segundo o Comitê Estadual de Monitoramento de Incidentes com Tubarão (Cemit). Cerca de 85% deles ocorreram numa faixa de 30 quilômetros de litoral que banha a região metropolitana de Olinda, Recife e Jaboatão dos Guararapes. Segundo o Comitê de Estadual de Monitoramento de Incidentes com Tubarões (Cemit), 70% dos casos ocorreram nas praias urbanas de Boa Viagem e Piedade, no Litoral Sul.

Os acidentes também ocorrem mais frequeNtemente em áreas de mar aberto, sem arrecifes, e em períodos de maré alta, especialmente nas fases de lua cheia ou nova, quando a maré fica ainda mais cheia. Segundo especialistas, os ataques também acontecem durante o amanhecer ou cair da tarde, horário em que instinto de caça dos tubarões está mais aguçado. Quando a água do mar está mais turva, há um risco maior do animal marinho confundir a pessoa com uma presa.
Praia de Piedade, onde já houve 12 ocorrências com tubarões(foto: DP/DA Press)
Praia de Piedade, onde já houve 12 ocorrências com tubarões (foto: DP/DA Press)

Doze ataques ocorreram na praia de Piedade, em frente à igrejinha, onde José Ernestor foi mordido neste domingo. Mesmo local onde, também há 48 dias, o potiguar Pablo Diego Inácio de Melo, 34, também sofrera um ataque, quando se lavava após uma partida de futebol.

Pablo Diego foi mordido em três locais diferentes, nos dois braços e na perna direita. Pablo ficou 33 dias internado no HR, passou por seis cirurgias e teve a perna direita abaixo do joelho e a mão direita amputadas. O potiguar recebeu alta do hospital no dia 22 do mês passado, mas ainda encontra-se em tratamento.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade