Publicidade

Estado de Minas

Bombeiros voltam atrás e falam apenas em desaparecidos em incêndio em SP

A Igreja Evangélica Luterana, que fica ao lado do prédio em chamas, também pegou fogo e parte da estrutura desabou


postado em 01/05/2018 08:24 / atualizado em 01/05/2018 08:42


Segundo as últimas informações do Corpo de Bombeiros, três pessoas estão desaparecidas no incêndio seguido de desabamento de um prédio de 22 andares no Largo do Paissandu, no centro de São Paulo, na madrugada desta terça-feira, 1º. Mais cedo, o Corpo de Bombeiros informou a morte de um morador e o desaparecimento de outras duas pessoas.

Os bombeiros agora trabalham na extinção dos focos de incêndio. Todos os prédios do entorno foram evacuados. A corporação também busca por vítimas sob os escombros. Um edifício vizinho também pegou fogo nos três primeiros andares, mas não corre risco de colapso. A Igreja Evangélica Luterana, que fica ao lado do prédio em chamas, também pegou fogo e parte da estrutura desabou.

Em entrevista à Rádio Eldorado, mais cedo, o porta-voz do Corpo de Bombeiros, Marcos Palumbo, havia relatado que uma pessoa morreu. Segundo ele, a vítima estava sendo resgatada por uma corda pelos militares quando a estrutura do prédio desabou. Os militares abriram um acesso pelo edifício vizinho e a vítima já estava pronta para sair quando toda a estrutura colapsou, contou o porta-voz. A corda que prendia a vítima se rompeu e ela caiu. A vítima não foi encontrada, mas agora os bombeiros trabalham com a hipótese de ela estar desaparecida. Um bombeiro também ficou ferido durante o desabamento, mas passa bem. Pelo menos outras duas pessoas também estão desaparecidas, mas o número pode aumentar.

(Paulo Roberto Netto e Renata Okumura)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade